Entre as dunas e os aromas marinhos, cada passo é uma descoberta, uma dança entre o presente e o eterno. E na pequena Ilha da Armona tudo parece ter um clima de aconchego, simplicidade e descontração inexplicáveis.

Aposto que estás a pensar fazer uma visita à Ilha da Armona. E posso revelar-te desde já que não te vais arrepender de conhecer esta pequena pérola natural algarvia.

Porque, se de um lado, tens vista privilegiada para a costa e para a bela Ria Formosa, do outro lado da ilha avistas o mar calmo e relaxante do Golfo de Cádis.

Além disso, nesta ilha não há estradas, nem carros nem tão pouco hotéis. Apenas adultos, crianças e animais que são muito bem-vindos. Já viste o paraíso?

A verdade é que esta ilha e vila piscatória é bastante pitoresca e bem arranjada, cheia de pequenas casinhas acolhedoras, vegetação. E um clima de férias em ambiente familiar e uma descontração inigualável.

Além de ser também bastante animada é convidativa para a prática de atividades ao ar livre, como caminhadas matinais, snorkeling, passeios de barco, natação, etc.

ilha da armona

Pois é, não é à toa que a Ilha da Armona tem sido tendência nos últimos tempos para as férias de verão no Algarve. Além disso, também ganhou o prémio Tripadvisor Traveller’s Choice award in 2020.

Portanto, como vês, tem um sabor especial. Porque sair um pouco dos destinos turísticos habituais de verão em Portugal também é bom. E quando valem a pena, então tem um sabor ainda mais especial.

Portanto, prepara-te para te deixares envolver na magia da Ilha da Armona. Porque neste artigo partilho contigo fotografias, como chegar à Ilha da Armona, o que ver e fazer na Ilha da Armona, praias, sugestões de alojamento na Ilha da Armona e nas proximidades e também os melhores restaurantes na Ilha da Armona e muitas dicas preciosas.

ilha da armona

Onde fica a Ilha da Armona (mapa)?

A Ilha da Armona faz parte do cordão de ilhotas que separam a Ria Formosa do mar. E, portanto, está integrada no Parque Natural da Ria Formosa, pertíssimo da cidade de Olhão, no Algarve.

Tem 9,0 km de comprimento e cerca de 1,5 km de largura. E tirando esta extremidade poente habitada, o resto da ilha é um paraíso selvagem. Sendo essa parte nascente da ilha chamada de Praia da Fuseta (ou Ilha da Fuseta). Apesar de não ser ilha, também é conhecida como tal.

A ilha situa-se, especificamente, entre a Ilha da Culatra e a Ilha de Tavira. Duas ilhotas também muito castiças.

No entanto, ao contrário da Ilha da Armona, que atualmente se encontra dedicada ao turismo, a Ilha da Culatra mantém-se uma aldeia piscatória.

bulnes-funicular

Como chegar à Ilha da Armona?

Para chegares à Ilha da Armona tens de te deslocar até à cidade de Olhão, estacionar o carro num lugar seguro e depois disso dirigires-te até ao Cais de Embarque de Olhão.

Porque o acesso para a Ilha da Armona faz-se através das carreiras regulares de barco (durante todo o ano). Portanto, tens duas hipóteses: ou apanhas a carreira nos horários estipulados ou, em alternativa, podes apanhar um aqua-táxi.

A segunda opção não é tão económica, mas pode dar jeito na eventualidade de, por exemplo, chegares fora do horário da carreira para a Ilha da Armona.

Portanto, ao chegares ao Cais de Embarque de Olhão podes diriges-te à bilheteira que abre sempre 30 minutos antes da partida. E lá podes comprar os bilhetes para as ilhotas. Para ficares com uma ideia, podes consultar os horários do barco.

A viagem dura cerca de 20 minutos e devo dizer que é fenomenal. Principalmente se for feita com o por do sol. É um momento arrebatador que merece toda a nossa presença de espírito.

Informação sobre a viagem para Ilha da Armona

  • Local de embarque: Cais de embarque de Olhão
  • Duração: 20 minutos
  • Preço/pessoa: 2,00€

O que fazer na Ilha da Armona?

Bem, depois da breve e agradável viagem de barco é hora de relaxar e explorar a Ilha da Armona.

O ritmo da ilha é descontraído, familiar e bastante animado. Há pessoas a caminho das praias, há crianças a brincar, amigos a conviver, alguém a assar peixe na grelha e os cafés numa animação de dar gosto. Principalmente, ao pequeno-almoço, almoço e hora de jantar.

Bem, o que interessa é aproveitar ao máximo a envolvência da ilha e relaxar muito durante estas férias maravilhosas!

Fazer praia durante o dia

Se estás a pensar passar as férias de verão na ilha, claro que a atividade clássica é fazer muita praia na Ilha da Armona. É um sítio incrível com águas maravilhosas para nadar, fazer snorkeling ou simplesmente… boiar?

Porque não há nada mais relaxante do que sentir aquela água macia, onde estamos apenas nós e o mundo.

Mas bom, as praias são ótimas, principalmente a da extremidade voltada para o mar. Pessoalmente, gosto mais dessa parte pela paisagem envolvente.

Mas reconheço que a praia na extremidade virada para a Ria Formosa, obviamente é mais “quentinha”.

ilha da armona

Passear pelo lado poente da Ilha da Armona

O lado poente é este lado habitado e movimentado da ilha. Ela tem uma pequena estrada pedonal entre as pequenas moradias que atravessa a ilha de uma ponta à outra. Ou seja, atravessa desde o cais da ilha até ao lado do mar.

Há algumas pequenas ruas que vão dar a outras moradias e é engraçado passear e explorar esta pequena ilhota.

Este passeio é agradável, principalmente à noite, depois de desfrutares do jantar e banho merecidos. Porque com noites quentes (e quentes!) só apetece passear e aproveitar toda a atmosfera envolvente.

ilha da armona

Desfrutar da zona dos cafés e restaurantes da Ilha da Armona

A parte mais agitada da ilha é sem dúvida na zona dos cafés e restaurantes. Ou seja, do lado do cais da ilha (logo à entrada).

A animação começa logo cedo pela manhã com o sol e o calor a começar a apertar. Porque não há nada mais agradável do que estar sentada na esplanada a desfrutar da dinâmica da ilha enquanto espero pelo pedido.

Há pessoas animadas por chegar ao seu destino de praia, há adultos e crianças a conviver, mercadoria a chegar nos barcos e alguns habitantes numa mesa quase cativa em ambiente de gargalhada.

ilha da armona

Enfim, é uma verdadeira animação. Por isso, porque não aproveitar para tomar o pequeno-almoço antes de começar as próximas atividades na Ilha da Armona?

Durante a hora do jantar, os restaurantes ganham outra vida. As noites quentes, a sardinha acabadinha de assar… bem, já me começa a dar água na boca só de imaginar este cenário de verão.

Caminhar à beira-mar em direção ao lado nascente da ilha

E porque não uma bela caminhada à beira-mar para exercitares o corpo e a mente, enquanto desfrutas de toda a paisagem ?

O lado nascente fica na outra ponta da ilha na direção Praia da Fuseta (ou Ilha da Fuseta) e Praia da Barra Nova. Uma zona maravilhosa com areia macia e mar e apetecível. Em suma, um verdadeiro convite para mergulhar na natureza selvagem.

ilha da armona

Ver o pôr do sol na praia

Confesso que sou uma eterna apaixonada por pores do sol. Gosto de parar e apreciar, ficar atenta a esse momento. Não sei, mas sinto-me bem, faz-me bem.

Portanto, esta sugestão não podia ficar fora da lista, até porque assistir ao por do sol na Ria Formosa é um verdadeiro festival… lindíssimo!

ilha da armona

Passeio de barco pela Ria Formosa

Além das atividades na Ilha da Armona, também há muito para ver na Ria Formosa. Porque além desta ilha também há outras ilhotas muito bonitas e agradáveis para conhecer.

Além disso, pelo menos para mim, passear de barco nunca é de mais. Então, se tens tempo e queres atividades de ocupação, recomendo uma visita às restantes ilhas. Como a Ilha da Culatra, Ilha Deserta, Ilha de Tavira ou Ilha de Cabanas.

Praias da Ilha da Armona

Não há dúvida de que o melhor desta bela lha da Armona é precisamente a qualidade do seu areal, paisagem e água maravilhosa.

A ilha é constituída basicamente por uma praia voltada para a Ria Formosa e por três praias voltadas para o mar, nomeadamente:

  • Praia da Armona-Ria
  • Praia da Armona-Mar
  • Praia da Fuseta (ou Ilha da Fuseta)
  • Praia da Barra Nova (ou Praia da Barra da Fuseta)

Praia da Armona Ria

A praia da Armona Ria, como o próprio nome indica, é a praia que fica virada para a Ria Formosa.

E como fica perto do cais, acredito que para algumas pessoas que vão fazer o seu dia de praia possa ser mais apetecível.

Mas ainda assim, daquilo que me apercebi durante os dias que me hospedei na Ilha da Armona, a maior parte preferiu fazer a longa caminhada de 1,5 km para chegar ao outro lado.

Já deste lado da Ria Formosa, a praia da Armona Ria tem a melhor vista para o por do sol e ótimos banhos tépidos. Além disso, tem mais proximidade e variedade de restaurantes e cafés.

ilha da armona

Praia da Armona Mar

A Praia da Armona Mar é a praia que fica na extremidade virada para o Golfo de Cádis, do lado oposto da ilha. Ou seja, uma caminhada saudável de 1,5 km.

Porque para atravessar a ilha é cerca de 1,0 km e depois disso ainda há uns longos metros de caminhada através do passadiço de madeira. Este passadiço atravessa as dunas até à praia.

E a um pouco mais de metade do passadiço, tens uma bifurcação. Neste momento tens duas opções: continuas em frente para o areal mais próximo ou viras à esquerda para uma caminhada mais longa.

Mas posso dizer que vale a pena caminhar mais um pouco. Pessoalmente, fiz a caminhada várias vezes porque gostei bastante da localização.

Quando a maré está baixa formam-se uma série de piscinas naturais. E a areia é ótima e a água também.

Por isso, o importante é relaxar e desfrutar deste lugar paradisíaco. Porque o clima não podia ser melhor, calor de dia e de noite.

ilha da armona

Praia da Fuseta (ou Ilha da Fuseta)

Se continuares a caminhar ao longo da costa da Ilha da Armona (extensão total de 9,0km) chegarás à Praia da Fuseta. São alguns quilómetros, mas posso dizer que é um momento bem passado e com uma envolvência única.

Além da caminhada, podes chegar através da carreira de barco desde o Cais da Fuseta (vila piscatória), numa viagem que demora cerca de 5 minutos.

A Ilha da Fuseta é incrível, não tem casas, mas tem apoios de praia onde podes beber ou petiscar algo.

Sem dúvida, uma praia muito boa para toda a família e para boas caminhadas. Além disso, a água calma e cristalina não podia ser melhor.

Praia da Barra Nova (ou Praia da Barra da Fuseta)

A praia da Barra Nova (na Fuseta) fica localizada no extremo nascente da Ilha da Armona, a cerca de 1,5 km da Praia da Fuseta. A praia não tem vigilância, mas tem uma atmosfera tranquila, natural e remota.

As águas por aqui também continuam tranquilas. Portanto, é adequada para toda a família com ambiente seguro e bastante agradável.

Para chegares à Praia da Barra da Fuseta podes apanhar um aqua-táxi a partir do Cais da Fuseta. Ou então, caminhando cerca de 1,5 km desde a Praia da Fuseta (Ilha da Fuseta).

ilha da armona

O que deves saber antes de te hospedares para a Ilha da Armona?

  • A Ilha da Armona tem 1,5 km de largura desde o lado que dá para a Ria Formosa até à extremidade oposta virada para o mar. E é nessa extensão que estão as habitações da ilha, a maioria dedicada ao aluguer turístico. Portanto, tendo em conta esta informação, é importante não levares excesso de bagagem. Porque depois terás de caminhar (muitas vezes pela esturra do sol) para chegares à habitação. E quanto mais perto da extremidade do mar, mais terás de caminhar com mochilas, malas, etc.
  • Se vais ficar uns bons dias na Ilha da Armona, aconselho-te levar mantimentos. Porque tudo na ilhota é mais caro e não há tanta variedade. Lembro-te que o acesso à ilha é feito apenas por barco, e tudo o que é mercadoria também. Portanto, é normal que as coisas sejam mais caras.
  • Se alugares casa Ilha da Armona e quiseres levar esses mantimentos. Ou seja, alguma comida e bebida que tornem as malas muito pesadas para carregares durante o percurso até à habitação, sugiro que arranjes um carrinho para não te sobrecarregar as costas.
  • Todas estas dicas são baseadas naquilo que vi durante a minha estadia. A maior parte das pessoas (já experientes) levavam um carrinho muito prático da decatlhon. Levavam as mochilas às costas e o carrinho com bens alimentares, cerveja, vinho, etc. Por outro lado, também vi muita gente a passar mal com a mercadoria que decidiu levar…
  • Se não quiseres levar mantimentos, podes sempre ir às pequenas mercearias que existem na Ilha da Armona. Ou em alternativa, deslocares-te até Olhão e ires a um supermercado.

Alojamento na Ilha da Armona

Na Ilha da Armona não há hotéis, nem hostels. Portanto, tens duas formas para ficar a dormir na Ilha da Armona:

  • Alugar uma das moradias particulares.
  • Ou ficar no Orbitur Ilha da Armona alugando um dos bungalows disponíveis.

Uma alternativa à hospedagem na Ilha da Armona, é optares por ficar a dormir na cidade de Olhão ou na vila da Fuseta (de onde partem os barcos para a Ilha da Fuseta). E depois fazeres praia numa das ilhotas da Ria Formosa.

Eu fiquei hospedada num dos bungalows do Orbitur Ilha da Armona e gostei bastante da experiência. Confesso que o bungalow não era muito moderno, nem muito fresco, mas era confortável, limpo e com um bom terraço para jantares e almoços agradáveis.

Além disso, o parque está muito bem localizado. Porque fica próximo da zona de restauração e mercearia. E ainda tem acesso direto e privado para a Praia da Armona Ria.

Além disso, o casal que estava a tomar conta do parque também foi muito simpático e prestativo. Portanto, posso dizer que a experiência foi bastante agradável.

Se quiseres mais sugestões de hotéis em Olhão, recomendo que vejas o artigo sobre os melhores hotéis em Olhão. Aqui partilho opções com excelente relação qualidade preço. Tem sugestões de luxo, charme e mais económicas.

ilha da armona

Restaurantes na Ilha da Armona

Como é fácil de entender, na Ilha da Armona come-se muito bem peixe assado na brasa, arroz de marisco, entre outras coisas. Portanto, boa qualidade de peixe não faltará durante a tua estadia na Ilha da Armona.

Os almoços estão sempre ao rubro e durante a noite os jantares também são uma animação. A zona do cais, onde está concentrada a maioria dos restaurantes, fica bastante animada. Com pessoas a jantar, outras a beber café, comer gelados. Enfim, boa disposição não falta em qualquer altura do dia.

Durante a alta temporada todos os estabelecimentos estão abertos. Mas fora desse período, apenas alguns continuam em funcionamento.

ilha da armona

Não obstante, no outro extremo da Ilha da Armona, na região mar (mesmo a chegar ao passadiço) também há um restaurante com pratos mais detalhados e com uma esplanada bastante agradável, o restaurante Lánacosta.

Além desse, ainda nesta zona (mas mais à frente e para quem vira à esquerda nos passadiços), há um bar de praia, o Camaleão Beach Bar. Onde também servem almoços e bebidas. Pessoalmente achei-o bastante simpático ao entardecer.

Em todo o caso, os restaurantes que mais gostei na Ilha da Armona foram o restaurante Tolinhas, mesmo ao pé do cais de desembarque. Ao jantar comi boas sardinhadas e outros peixes assados.

E também o restaurante A3, tem um ambiente mais seleto e acesso privilegiado para a praia. A paisagem não podia ser melhor e o arroz de marisco estava divinal.

Eu fiquei hospedada num dos bungalows do Orbitur Ilha da Armona e gostei bastante da experiência. Confesso que o bungalow não era muito moderno, nem muito fresco, mas era confortável, limpo e com um bom terraço para jantares e almoços agradáveis.

Além disso, o parque está muito bem localizado. Porque fica próximo da zona de restauração e mercearia. E ainda tem acesso direto e privado para a Praia da Armona Ria.

Além disso, o casal que estava a tomar conta do parque também foi muito simpático e prestativo. Portanto, posso dizer que a experiência foi bastante agradável.

O que visitar perto da Ilha da Armona

Além da Ilha da Armona, há muita coisa para ver nesta região do Algarve riquíssima em paisagem, calor e praias fenomenais. Portanto, partilho algumas sugestões para ocupares os teus dias de férias a visitar lugares maravilhosos nesta região do Algarve.

  • As restantes ilhotas da Ria Formosa: Ilha da Culatra, Ilha Deserta, Ilha de Tavira.
  • Cidade de Olhão: o mercado cheio de peixe fresco, o centro histórico, as belas salinas de Olhão, etc.
  • Fuseta: visitar a pequena vila piscatória.
  • Faro: visitar o centro histórico de Faro.
  • Tavira: um dos pontos obrigatórios do Algarve.
  • Cacela Velha: completamente imperdível, a localidade é muito pitoresca e depois a paisagem é algo de outro mundo!

Observação: esta página de artigo contém link de afiliados. Por isso, por cada reserva que efetuares através dos meus links, eu ganho uma comissão. Dessa forma, ajudas a Saber Viajar a manter-se viva e a produzir cada vez mais conteúdo de qualidade. E a boa notícia? É que não pagas nada a mais por isso! De coração, obrigada!

QUERES VIAJAR MAIS E MELHOR?

 

Subscreve a minha Newsletter e recebe todas as sugestões de viagens, dicas e roteiros criativos no teu e-mail.

Recebi o teu pedido de subscrição. Por favor, confirma o registo no e-mail que te enviei agora. Obrigada!

Pin It on Pinterest

Share This