Portinho da Arrábida é mais um dos grandes fenómenos presentes na incrível Serra da Arrábida. Sem dúvida, é um lugar que, obrigatoriamente, deves incluir na tua visita à Arrábida. Docemente, gosto de me lembrar desta baía como um pequeno paraíso aconchegante e pitoresco onde a vida selvagem se encontra no seu estado mais puro.​

portinho da arrábida

É uma mistura de natureza, mar, sol e mini vilarejo, uma vez que tem algumas casinhas de frente para o mar. E no verão atrai muitos banhistas e visitantes com vontade de conhecer este lugar que tanto tem dado que falar.

Isto porque, as fotografias aqui tiradas e partilhadas não deixam dúvidas quanto à sua beleza, seja em Portugal ou no exterior. Portanto, já podes começar a imaginar o que te espera por aqui. É simplesmente brutal.

Portanto, neste artigo, vou dar-te a conhecer um pouco mais sobre o Portinho da Arrábida: como chegar, lugares próximos para visitares, um pouco da sua história, entre outras coisas.

Portinho da Arrábida

O Portinho da Arrábida, é muito mais do que uma pequena praia, é uma baía lindíssima composta por um aldeamento pitoresco que lhe dá um charme singular. Aqui, tudo parece estar em equilíbrio, as casas, a natureza e som dos pássaros e das ondas do mar. Uma magnífica preciosidade em plena costa da arrábida.

No entanto, no verão, esta região recebe ainda bastantes visitantes, por isso é normal que durante esta época, para além do som da vida selvagem, prevaleça também a agitação diária das pessoas e veículos.

Portanto, logo que comeces a descer e aproximares-te da baía do Portinho da Arrábida, vais perceber rapidamente que este lugar é guardado por uma fortaleza, do séc. XVII. Esta construção, mandada erguer por D. Pedro II, integrava o conjunto de fortificações setecentistas que foram erguidos ao longo do litoral, desde Setúbal até ao Cabo Espichel.

Serviam para proteger a costa das constantes pilhagens dos corsários mouros, e também para os impedir de se abrigarem na enseada do Portinho da Arrábida.

Atualmente, a Fortaleza da Nossa Senhora da Arrábida deu lugar ao Museu Oceanográfico e a um Centro de Biologia Marinha.

portinho da arrábida

No início do século XX, o poeta, jornalista e arqueólogo Arronches Junqueiro escreveu o seguinte: “Algas colossais contorcem-se no fundo, como serpentes gigantescas. A vastíssima baía do Portinho, sob a enorme abóbada do céu, esmaga-me de grandeza e majestade”.

Como Chegar até ao Portinho da Arrábida

O Portinho da Arrábida, como próprio nome indica, está localizado na esplendorosa Serra da Arrábida a cerca de 13,5 km da cidade de Setúbal e Azeitão e 20 km de Sesimbra.

Se estiveres em Lisboa, rapidamente consegues conhecer este cantinho da Serra da Arrábida. São apenas 50 km de distância entre Lisboa e o Portinho da Arrábida (50 minutos pela autoestrada). Portanto, se tiveres tempo e interesse, o meu conselho é – não percas a oportunidade de conhecer este lugar único da costa portuguesa.​

Como Chegar ao Portinho da Arrábida no Verão

No verão, o transito fica interdito entre as praias da Figueirinha e do Creiro, sendo permitida a passagem apenas a autocarros e veículos autorizados. Portanto, há alguns constrangimentos em termos de deslocação. Por isso, as opções são as seguintes:

 Sendo que o horário de restrição no verão é das 8h00-20h00, podes decidir fazer um dia inteiro de praia e visitas, indo mais cedo e saindo mais tarde da praia. Assim podes deslocar-te sem restrições.

 Deslocares-te até Setúbal e seguires rumo à Praia da Figueirinha e, lá, estacionares o carro e apanhares o autocarro que vai até à Praia do Creiro (gratuito). No Creiro, atravessas para o Portinho da Arrábida caminhando pelo areal.

 Apanhares o autocarro direto de Setúbal para as Praias da Arrábida – e, novamente, até à Praia do Creiro, atravessando depois até ao Portinho da Arrábida.

 Ou ainda, seguires pela estrada N379-1 que vem de Azeitão até à Praia do Portinho da Arrábida.

Sendo no verão, estas restrições só se aplicam durante a época balnear (sensivelmente de 15 de junho a 15 de setembro). Estas medidas foram implementadas pela autarquia de Setúbal para evitar a poluição na Serra da Arrábida. Portanto, em qualquer outra época do ano, podes visitar tranquilamente o Portinho da Arrábida, sem problemas de circulação.

Informa-te ao detalhe sobre as melhores alternativas no site oficial da Câmara de Setúbal.

O que fazer no Portinho da Arrábida?

1. Explorar a Gruta de Santa Margarida da Lapa

Gruta onde foram encontrados testemunhos arqueológicos importantes. Dentro da gruta, encontra-se uma capela – a Capela de Santa Margarida da Lapa, construída no séc. XVII.

Este lugar é fantástico, e não é apenas pela gruta. É principalmente pela entrada mar que ela tem, e por onde podes aceder ao mar e dar uns mergulhos valentes na água cristalina e azul-turquesa. É um lugar que realmente merece destaque e uma visita!

2. Praia do Portinho da Arrábida

sinceramente, para mim, o que destaco nem é tanto a praia, é mesmo o envolvimento e o lugar pitoresco que é a baía do Portinho da Arrábida. E, portanto, o que mais gosto de fazer, é pura e simplesmente desfrutar do lugar e da paisagem envolvente. Além disso, visitar os pontos de interesse próximos do Portinho. Mas, se quiseres conhecer as outras praias da Serra da Arrábida, visita o artigo sobre as melhores Praias da Serra da Arrábida.

3. Visitar o Museu Oceanográfico

Aqui vais encontrar uma vasta coleção de fauna e flora presentes na Arrábida, do naturalista setubalense Luiz Gonzaga do Nascimento. Vais encontrar a Sala dos Aquários (de água salgada) com fauna e flora do litoral marinho da Arrábida.

Assim como, a sala de Exposições onde se apresentam diversos elementos do litoral, Arrábida e rio Sado. Tem também uma sala de vídeo interessante para ficares a conhecer um pouco mais sobre a biodiversidade que envolve a Arrábida.

4. Fazer saída de mergulho

O Portinho da Arrábida tem uma escola de mergulho, portanto se tiveres interesse neste tipo de atividade, lança-te. Há muita coisa próximo do Portinho para ser explorada de baixo de água!

5. Almoçar ou jantar no restaurante do Portinho

Enquanto desfrutas de uma paisagem única à beira-mar. A baía do Portinho da Arrábida tem apenas um restaurante e, como podes imaginar, uma vista fantástica. Tem ambiente fechado e também uma esplanada sob a água.

6. Visitar a Estação Arqueológica do Creiro

Mesmo no sopé da Serra da Arrábida, em plena Praia do Creiro, está localizado um complexo industrial de produção de salgas de peixe construído no séc. I d.C. Está parcialmente escavada e a entrada é livre. Por isso, passa lá e dá uma olhadela na herança pré-história disponível à beira-mar. É muito interessante!

7. Visitar as praias vizinhas

Além da Praia do Creiro, se quiseres conhecer as duas praias mais selvagens e próximas ao Portinho da Arrábida, visita a Praia dos Coelhos e a Praia de Galapinhos. São simplesmente incríveis e com uma água maravilhosamente cristalina. Só consegues visitá-las pela beira-mar, se a maré estiver vazia.

No entanto, podes sempre fazer o percurso a nado. Mas, para isso, convém não haver muita corrente e dominares bem os dotes de nado.

Onde dormir no Portinho da Arrábida?

Como referi anteriormente, a baía é pequena e o aldeamento também, com cerca de meia dúzia de casinhas à beira-mar. No entanto, há algumas que fazem alojamento local. Por isso, caso tenhas interesse, apresento-te as opções que existem.

Organiza a tua viagem

Descobre todas as ferramentas para viajares mais e melhor!

error: Conteúdo Protegido

QUERES VIAJAR MAIS E MELHOR?

 

Subscreve a minha Newsletter e recebe todas as sugestões de viagens, dicas e roteiros criativos no teu e-mail.

Recebi o teu pedido de subscrição. Por favor, confirma o registo no e-mail que te enviei agora. Obrigada!

Pin It on Pinterest

Share This