Descobre as paisagens incontornáveis dos Picos da Europa. Um mundo mágico repleto de aventura, beleza, profundidade e biodiversidade.

Aqui a emoção permanece à flor da pele e os sentidos… completamente vivos e despertos durante toda a viagem!

roteiro carro picos da europa
Bem, se estás por aqui é porque decerto estás a pensar visitar os Picos da Europa. Por isso quero-te dizer que neste artigo vais encontrar todas as informações necessárias para uma viagem segura, inspiradora e completamente organizada.

Partilho contigo informações sobre o mapa dos Picos da Europa para entenderes a estrutura e qual a melhor forma de os conheceres.

Encontrarás informação sobre as melhores localidades e também sugestões de hotéis para pernoitares durante a tua viagem aos Picos da Europa.

Vais encontrar um roteiro rico e completo de 5 dias com todas as opções de atividades. Obviamente, podes sempre encurtá-lo caso não pretendas viajar durante todos esses dias.

Porque o roteiro está preparado com as atividades e atrações mais importantes e épicas dos Picos da Europa. No final ainda partilho contigo algumas sugestões, caso queiras esticar um pouco mais o teu roteiro.

E além de tudo isso, ainda vais encontrar muitas dicas e sugestões durante todo o roteiro de viagem aos Picos da Europa.

Mas agora vamos ao que interessa, porque o tema aqui são os encantadores e belos Picos da Europa. Para mim, uma viagem que me tocou o coração. Profunda, imponente, viva e ao mesmo tempo mística.

Por isso, a partir de agora só existe uma certeza, é um dos lugares montanhosos mais fascinantes da Europa. Portanto, espero que desfrutes tanto como eu.

Tipos de Viagem aos Picos da Europa: versatilidade

Basicamente, os Picos da Europa enquadram perfeitamente em qualquer tipo de viagem.

Seja numa viagem de carro a solo, em casal, com toda a família, crianças e também para o teu animal de estimação (se for o caso).

Além disso, as estradas são excelentes e os percursos que delimitam o Parque Natural dos Picos da Europa são geniais. A beleza é demasiada para não parar umas quantas vezes, simplesmente para contemplar…

roteiro picos da europa

Picos da Europa a solo

Um parque natural incrível e muito seguro. Portanto, se não tiveres muita vontade de partir à descoberta e não arranjares companhia para visitares os Picos da Europa, não esperes pela oportunidade.

Avança, sem medos. Até porque o medo não deve reprimir os nossos sonhos.

Picos da Europa em casal/amigos

Claro que quando temos um companheiro/a de viagem, seja em casal ou amigo/a é sempre uma experiência de partilha com alguém de quem gostamos.

E este lugar é apaixonante em qualquer formato. Seja para visitares ou para fazeres algumas das atividades desportivas, como rafting, canyoning, andar a cavalo.

Picos da Europa com toda a família, criançada

É, apesar de ser um esticão de carro desde Portugal até aos Picos da Europa (Espanha), é sem dúvida uma viagem para levar crianças. Até porque elas vão delirar com a vida selvagem que existe por aqui.

Há prados verdes para ver e percorrer, há cavalos, bois, cabras, cães pastores, águias. Enfim uma parafernália de diversidade. Portanto, estás a imaginar a magia para os pequenotes, certo?

Além de adorarem é uma experiência que os vai enriquecer bastante, tenho a certeza. E realmente, há muitas famílias com crianças a visitarem os Picos da Europa.

Picos da Europa com animais de estimação

Sim, nos nossos pets também estão incluídos no passeio aos Picos da Europa. Os transportes que ligam algumas das atrações estão preparados para o transporte de animais.

Assim eles passeiam, convivem com os cavalos, águias, com os bois e vacas. E com os outros animais que também estão em viagem. Portanto, se não tiveres com quem os deixar, já sabes, é viável levar. Também se vê muito por aqui.

roteiro picos da europa

Picos da Europa de mota

Viajantes de mota pelos Picos da Europa é um marco. Vê-se muito este estilo de visita aos Picos da Europa.

Sejam portugueses, espanhóis e também ingleses. É um lugar livre, agradável, marcante. E depois as estradas são ótimas, o que torna tudo ainda mais fácil e acessível.

Picos da Europa jipe 4×4 (off-road)

No meu caso, levei o meu jipe Land Rover 300 devidamente preparado para o número de quilómetros a percorrer. E também para me divertir a percorrer uns trilhos off-road nos Picos da Europa.

Daquilo que consegui apurar só existe um percurso off-road autorizado para percorrer com veículos 4×4.

Por esta rota que liga Sotres a Espinama encontrei-me com caminhantes, bicicletas, campervans 4×4 e até campervans normais… provavelmente enganados pelas indicações do GPS.

Não aconselho, de todo, a passagem de carros não preparados. Ou pelo menos, ir apenas até onde seja razoável.

Senão arriscas-te a partir o carro e a ficar com a viagem comprometida. E não queremos isso, porque a ideia aqui é teres uma experiência brutal!

roteiro picos da europa

Parque Nacional dos Picos da Europa

Fundado em 1918 como um dos primeiros parques nacionais de Espanha, o Parque Nacional dos Picos da Europa é um verdadeiro compêndio de vida natural, etnográfica e cultural. E em 2003 foi reconhecido pela UNESCO como Reserva Natural da Biosfera.

São mais 67 mil hectares de paisagem absolutamente indiscritível, distribuídos por 11 municípios e 3 províncias de Espanha: Astúrias, Cantábria e Castilla y León.

A diversidade de paisagem do parque natural é moldada pelas bacias dos rios Sella, Cares e Deva e pela divisão dos 3 principais maciços montanhosos: central, ocidental e oriental.

Por sua vez, a amplitude paisagística dos Picos da Europa promove uma grande diversidade de ecossistemas de alta montanha e bosque.

E, portanto, por aqui vais encontrar massas florestais, pastagens montanhosas (nas zonas mais pecuárias).

Bem como zonas rochosas típicas das grandes massas calcárias das 3 principais cadeias montanhosas.

Ou seja, por aqui vais encontrar prados e lagos dignos de um filme, desfiladeiros magníficos e imponentes: de um lado mais rochosos e de outro mais verdejantes.

Vilas e aldeias históricas, tradições ancestrais, até a penhascos assombrosamente dramáticos.

roteiro picos da europa

Maciço Central

Este maciço apresenta a maior altitude e os relevos mais escarpados. Portanto, aqui encontra-se o Pico Torrecerredo (o mais alto da Cordilheira Cantábrica) com precisamente 2.648 metros.

E está acompanhado por outros cumes como Llambrión, Peña Vieja ou Picu Urriellu (Naranjo de Bulnes).

Maciço Ocidental​

Este é o maior em extensão e tem relevos mais leves na vertente norte, onde estão situados os maravilhosos lagos Enol e Ercina (os Lagos de Covadonga).

A estrada que leva até aos lagos começa no Santuário de Covadonga. O ponto mais alto deste maciço é a Peña Santa de Castilla, com 2.596 metros.

Maciço Oriental​

Apesar de ser o maciço o mais pequeno, na vertente sudeste, ele eleva-se de forma imponente sobre a região cântabra de Liébana. La Morra de Lechugales, com 2.444 metros, é o ponto mais alto.

Localização dos Picos da Europa

O Parque Nacional dos Picos da Europa está situado entre as regiões de Astúrias, Cantábria e Castilla y León. Em plena Cordilheira Cantábrica, no norte da Espanha.

Mapa dos Picos da Europa

Através deste mapa é mais fácil visualizar a localização e as estradas típicas que fazem parte do roteiro de viagem de carro pelos Picos da Europa.

Normalmente é feito em percurso circular, por isso vais conhecer uma área bastante abrangente do território norte, junto ao Parque Natural dos Picos da Europa.

E para facilitar a chegada aos diferentes pontos de interesse, a melhor forma de te alojares é pernoitares em algumas das diferentes localidades. Mas veremos isso mais à frente.

Quando visitar os Picos da Europa?

Toda a região dos Picos da Europa é afetada por clima marítimo e continental. E a amplitude térmica é bastante grande.

É importante teres noção que meteorologia em montanha é bastante imprevisível. Por isso, mesmo no verão pode ocorrer chuva e temperaturas mais baixas. E durante a noite, é sempre mais fresco.

Portanto, a melhor altura para visitar os Picos da Europa é sem dúvida nos meses mais secos, entre maio e setembro/outubro. Porque basicamente são os meses mais seguros em termos de condições climatéricas e também pela duração dos dias.

As temperaturas amenas e os dias mais compridos são um excelente mote para as práticas outdoor, como as caminhadas e desportos aventura.

Além disso, se tiveres tempo para acompanhar o roteiro pelos Picos da Europa que preparei mais à frente, vais ter a oportunidade de dar um saltinho às praias da Costa das Astúrias.

Existem imensos Parques de Campismo nos Picos da Europa. Por isso, se quiseres acampar, as melhores alturas são durante os meses mais secos.
Eu fui no início de outubro e posso dizer-te que a temperatura estava maravilhosa e os dias lindíssimos. Mas também porque foi um período inédito de calor em toda a europa.

O sol, a temperatura agradável e o céu limpo permitiu-me contemplar a natureza em pleno. Sentar-me e desfrutar do sol e da paisagem única que decorria, no momento presente, à frente dos meus olhos.

Por outro lado, acredito que no inverno (com a neve) os Picos da Europa ganhem uma outra magia. E com certeza será uma visita para fazer futuramente.

Onde ficar nos Picos da Europa: sugestões de hotéis e localidades para pernoitares​

Como se trata de uma roadtrip (viagem de carro), a melhor forma de te alojares nos Picos da Europa é ires trocando de alojamento à medida que vais avançando na rota que definiste para a tua viagem.

Portanto, há sempre localidades mais engraçadas e estratégicas onde podes ficar e aproveitar durante mais algum tempo.

roteiro carro picos da europa
Pessoalmente, para pernoitar do lado das Astúrias, sugiro Cangas de Onís, Arenas de Cabrales (Las Arenas) e Sotres.

Já do lado da Cantábria sugiro Potes, bonita, histórica e animada.

Cangas de Onís: é muito pitoresca e a mais movimentada, dispõe de todos os serviços e é mesmo engraçada. Gostei muito, além disso, para conheceres os Lagos de Covadonga é a melhor opção.
Ou outras regiões que fiquem relativamente perto dos Lagos de Covadonga, como por exemplo Sobrepiedra. Eu fiquei no hotel La Casona de Sobrepiedra e paguei 57€/noite com pequeno-almoço incluído (em outubro).
Las Arenas: é bastante mais pequena, mas bastante patusca e acolhedora. Tem restaurantes agradáveis e dois minimercados. Há bastante oferta de hotéis. Eu fiquei no hotel La Rivera e paguei 55€/noite e no hotel Villa de Cabrales e paguei 57€/noite.
Potes: é um vilarejo encantador da Cantábria. É muito castiça e cheia de vida, maior que Las Arenas. Tenho a certeza de que vais gostar.
Sotres: é um vilarejo muito castiço, mesmo. E embora não tenha ficado a dormir por aqui, gostei muito de o conhecer. Também é um ponto estratégico de pernoita para quem vai, por exemplo, fazer o trilho de Sotres a Espinama.
roteiro de carro picos da europa

Roteiro Picos da Europa: guia completo para uma viagem emocionante e inspiradora

Este roteiro pelos Picos da Europa tem por base uma viagem de carro e não inclui a forma de chegada desde Portugal até aos Picos da Europa.

Lembro-te também que é apenas uma sugestão de rota de viagem. Por isso, aproveita para compreenderes a dinâmica dos Picos, perceberes quais as atrações e localidades obrigatórias.

E depois segue ou aproveita para construíres o teu próprio roteiro. O importante é aproveitares ao máximo e adotares aquilo que fizer mais sentido para ti. Da minha parte, posso-te dizer que é um roteiro único, inspirador e inesquecível!

roteiro de carro picos da europa
Se precisares alugar um carro para visitar os Picos da Europa, recomendo-te a empresa Discovercars. Porque tem os melhores preços do mercado.

⇒ Roteiro para visitar Picos da Europa: dia 1

Riaño – Caín de Valdeón – Desfiladero de Los Beyos – Cangas de Onís

A estrada maravilhosa que une Riaño até Cangas de Onís é a N-625 (com cerca de 64 km).

Neste roteiro do primeiro dia, fazemos apenas um desvio para conhecer Caín de Valdeón através da LE-2711 (cerca de 66,8 km ida+volta).

Riaño (Castilla y León)
Riaño é uma das mais belas portas de entrada e um ponto de passagem obrigatório numa viagem aos Picos da Europa.

Por aqui, o tempo parece não ter horas. Não há passado, nem futuro, apenas o presente de contemplação.

picos da europa
É uma rota lindíssima que ganhou um novo olhar depois de metade da parte mais antiga de Riaño ter ficado submersa nas belas águas da albufeira (inaugurada em 1987).

Mas não existe fins para aqueles que acreditam em recomeços. E Riaño hoje é um espaço turístico para que deseja desfrutar da natureza, das mais belas paisagens e trilhos.

picos da europa
Caín (Castilla y León)
Embrenhamos agora numa estrada sinuosa (a LE-2711) para chegar à pequena aldeia entre o alto das grandes montanhas.

É Caín de Valdeón (mais conhecida por Caín) que se esconde no Vale de Valdeón a cerca de 460 metros de altura nos Picos da Europa.

Em 1990 a aldeia foi dividida em dois núcleos: Caín de Cima e Caín de Baixo. No entanto, atualmente Caín de Cima encontra-se desabitada.

E Caín é uma aldeia muito importante dos Picos da Europa, pois constitui o ponto de partida e de chegada de inúmeras rotas de caminhada.

Sendo a Ruta del Cares o percurso mais emblemático dos Picos da Europa que atravessa a Garganta del Cares.

Localização inspiradora para pernoitar – ver hotéis baratos em Caín. Também um lugar lindo para pernoitar.
Desfiladero de Los Beyos (Castilla y León e Astúrias)
Aquilo que posso dizer deste desfiladeiro? Impressionante. Um dos mais íngremes e imponentes que já tive a oportunidade de ver. Além disso, é verdejante e a banda sonora são as águas que correm do rio Sella.
picos da europa
A visita ao Desfiladero de Los Beyos decorre inteiramente ao longo da estrada nacional N-625. Portanto, não tens de fazer qualquer desvio.

Basta seguires ao sabor do vento. Porque é uma estrada que, em si, constitui um ponto de interesse elevadíssimo dos Picos da Europa.

Cangas de Onís (Astúrias)
Já do lado Asturiano dos Picos da Europa, está localizada a cidade de Cangas de Onís. Uma povoação de importância histórica e perfeitamente situada no sopé do Parque Natural dos Picos da Europa.

Oferecendo, portanto, paisagens naturais deslumbrantes e rico património cultural.

Nesta altura, sugiro que explorares as ruas e os monumentos desta agradável e acolhedora cidade.

picos da europa
Como por exemplo, o mercado municipal, a igreja Santa Cruz e a igreja de Nossa Senhora da Assunção de Santa Maria (localizada mesmo no centro).

E ainda a ponte romana – um símbolo icónico e de grande relevância no norte de Espanha. No arco encontras pendurada a Cruz da vitória, um símbolo emblemático das Astúrias.

Mercado de Cangas de Onís

Aos domingos, em frente à Igreja de Nossa Senhora da Assunção de Santa Maria, há um mercado com mais de 200 anos de história. Tive a oportunidade de conhecê-lo e é muito engraçado e traz ainda muita vida a esta localidade.

picos da europa
Pessoalmente, gostei muito de conhecer Cangas de Onís. Achei uma localidade muito acolhedora e ao mesmo tempo cheia de vida. As ruas são alegradas com o convívio saudável das gentes e dos turistas.
Localização perfeita para pernoitar – ver hotéis baratos em Cangas de Onís.
picos da europa

Roteiro para visitar Picos da Europa: dia 2

Cangas de Onís Lagos de Covadonga – Covadonga – Las Arenas

Mais uma estrada esplêndida para conhecer mais um pouco dos encantos dos Picos da Europa, a AS-114. Um percurso agradável, místico e bem-disposto.

Aconselho-te a sair cedinho do hotel. Assim começas a visita aos Lagos de Covadonga com os primeiros raios de sol, no alto da montanha.

Além de ser mais saudável, é mais fresco. E como vais fazer uns trilhos para conhecer esta parte do território dos Picos da Europa, é melhor começares cedo. Porque ainda vais dispensar uma manhã larga por aqui.

Dica para visita aos Lagos de Covadonga: é importante levares uma mochila com água, lanche, protetor solar, chapéu e óculos de sol. É um kit importante na visita aos Picos da Europa.
Depois de visitares os Lagos de Covadonga, o Santuário e a Basílica de Covadonga, regressas à estrada nacional AS-114.

E a pouco mais de 3 km de estrada, podes fazer um desvio de 2,2 km para conheceres a Igreja de Santa Eulália.

Entretanto, regressas novamente à nacional. E continuas a jornada até ao destino final do segundo dia do roteiro Picos da Europa – Las Arenas ou Arenas de Cabrales.

roteiro carro picos da europa
Lagos de Covadonga (Astúrias)
Maravilhosos Lagos de Covadonga. Incríveis, inspiradores, penetrantes. Eles falam sem dizerem uma única palavra.

As águas refletem as montanhas que se impõem mesmo à sua frente… as vacas e os cavalos desfilam livremente pela pradaria…

Posso dizer-te que é uma paisagem absolutamente impactante e também o ponto alto deste segundo dia. E, sinceramente, fiquei rendida.

É mesmo inesquecível, até porque enquanto escrevo ainda sinto as emoções à flor da pele. Realmente é um dos pontos altos da visita ao Parque Nacional dos Picos da Europa.

Portanto, assim que chegas ao cimo dos Lagos de Covadonga, tens dois trilhos possíveis de serem feitos.

O percurso de 3 km que dá acesso aos lagos de Ercina e ao lado Enol. Cujo tempo estimado para o percorrer é de 1h30.

Obviamente, vais demorar uma manhã inteira para o fazer. Porque vais andar nas calmas, a apreciar, a desfrutar e a tirar muitas fotografias.

E além deste percurso, há um segundo trilho de 5,5 km que dá acesso ao lago de Bricial. Cujo tempo estimado é de 2h30 a caminhar.

Eu fiz o percurso mais curto e só terminei a visita às 14h45. Portanto, é fácil perceber a média de tempo no alto dos Lagos de Covadonga.

Sugestão Boa-Mesa: se te organizares no dia anterior sugiro que prepares um farnel e faças um piquenique enquanto desfrutas da paisagem nos lagos glaciares dos Picos da Europa. Em alternativa, há um tasco nos Lagos de Covagonda, mesmo em frente ao lago Ercina.
Como visitar os Lagos de Covadonga?
A estrada CO-4 que dá acesso aos Lagos de Covadonga nos Picos da Europa tem 12 km de extensão, e é sempre a subir. Confesso que há alturas de perder o fôlego só de olhar, mas vale muito a pena!

Agora, é importante saberes que este troço de estrada durante a maior parte dos meses fica interdita a veículos não autorizados.

picos da europa
Como as condições de passagem se alteram anualmente, podes acompanhar as atualizações no site oficial.

Em 2023 a passagem de carros não autorizados estava interdita 24h até 16 de outubro. Portanto, durante esta interdição, só é possível visitar os Lagos de Covadonga de autocarro.

Então tens de estacionar o carro, comprar o bilhete de autocarro e esperar que ele chegue e inicie o troço até ao cimo das montanhas.

Felizmente, toda esta dinâmica de visita aos lagos dos Picos da Europa está muito bem organizada.

E, portanto, há inúmeros parques de estacionamento (pagos) e ainda alguns lugares de estacionamento (gratuitos) ao longo da estrada.

Informação adicional sobre estacionamento e autocarro para os Lagos de Covadonga:
  • Preço dos parques de estacionamento: 2€/dia
  • Preço do bilhete de autocarro: 9€/adulto; 3,5€/<12 anos; gratuito/<3 anos
  • Frequência dos autocarros ALSA: 20 minutos
picos da europa
Covadonga (Astúrias)
A verdade é que Covadonga tem um pouco de tudo. Tem paisagem, arte, história e culto.

E a prova disso, são os magníficos Lagos glaciares de Covadonga, a Basílica de Covadonga e a gruta de La Santina – Santa Cueva.

Só aqui estão concentrados uma grande parte da riqueza e pontos de interesse das Astúrias.

Sugestão Boa-Mesa: há um restaurante mesmo ao pé da saída do autocarro. Portanto, se não tiveres levado nada para comer, podes almoçar por aqui.
picos da europa
Depois da visita matinal aos Lagos de Covadonga, é altura de seguires a pé para conheceres a Santa Cueva.

Passados poucos metros, vais encontrar no alto da rocha uma caverna com imagem de La Santina que se ergue acima de uma pequena cascata. Ao seu lado está a tumba do rei Pelayo e do rei Afonso I.

picos da europa
Cá em baixo, a queda de água forma um pequeno lago. E se quiseres fazer o curto caminho até à fonte de sete orifícios, diz-se que “a Virgem de Covadonga, tem uma fonte muito clara, a menina que dela bebe, casa-se dentro de um ano”.

Portanto, se tiveres pressa para casar, já sabes, é saciar a sede em Covadonga!

Ao lado do altar da Santina há uma escadaria, mas podes seguir para a Basílica porque lá em cima há uma entrada em túnel que dá acesso à Santa Cueva. E depois desces estas escadas à vinda.

picos da europa
Logo a seguir, junto à cova onde se venera a imagem de La Santina, está a Basílica de Covadonga. Um edifício neorromântico com duas torres que acompanham a entrada principal.

Na praça em frente à basílica, está a estátua do rei Pelayo – responsável pela reconquista de Covadonga aos mouros.

Depois seguindo pela praça adiante vais encontrar a entrada para a Cueva Santa através de um túnel.

picos da europa
Las Arenas/Arenas de Cabrales (Astúrias)
Depois desta visita aos pontos de interesse do segundo dia nos Picos da Europa, terminas o dia em Arenas de Cabrales.

São cerca de 32 km de distância onde te acompanha sempre uma paisagem maravilhosa.

Os Picos da Europa são assim, abundantes e inesquecíveis. Porque há beleza em cada canto e recanto, há fauna e flora que vibra e um charme místico e característico.

picos da europa
E em relação a Arenas de Cabrales, posso dizer-te que é uma localidade pequena, bastante acolhedora e engraçada. E ponto estratégico de paragem para a visita de muitos pontos de interesse.

Portanto, aqui é um ponto de paragem obrigatório numa visita ao Parque Nacional dos Picos da Europa.

A paisagem são picos de montanha, o ambiente é saudável e alegre. Há bastantes restaurantes, dois minimercados, mercearias e oferta bastante hoteleira. Portanto é fácil conseguires encontrar estadia nesta zona dos Picos da Europa.

Além disso, há uma fábrica de queijo, caso tenhas interesse em levar uma lembrança para alguém. Ou para simplesmente degustares em casa o belo Queijo de Cabrales.

Localização perfeita para pernoitar – ver hotéis baratos em Las Arenas.
picos da europa

⇒ Roteiro para visitar Picos da Europa: dia 3

Las Arenas – Poncebos – Bulnes – Sotres

Novamente, a melhor forma de começar o dia é aproveitá-lo logo com os primeiros raios de sol. Por isso, é altura de tomar o pequeno-almoço relaxadamente e seguir para novas aventuras nos Picos da Europa.

Hoje o dia espera-te para ver novas paisagens e caminhar mais um pouco por entre montanhas e vistas magníficas, conhecer aldeias histórias e cheias de charme.

Poncebos (Astúrias)
É altura de seguires caminho pela estrada AS-264, uma das mais icónicas dos Picos da Europa. Ou não nos levasse ela para muitos dos pontos de interesse deste esplêndido parque nacional.

São pouco mais de 6 km até à localidade de Poncebos. E por esta altura, sugiro que sigas pela estrada acima que te leva até Camarmeña e Mirador del Urriellu.

São dois miradouros fantásticos!

Depois disso, desces novamente e segues até ao estacionamento para entrares no Funicular que te levará até ao cume da montanha.

Onde fica a aldeia de Bulnes, uma das mais célebres e escondidas das Astúrias.

picos da europa
Bulnes (Astúrias)

Ora então, depois de uma curta subida de funicular (8 minutos), eis que chega o momento de visitar a aldeia situada no coração do Parque Nacional dos Picos da Europa.

Com apenas 50 habitantes Bulnes e no cume da montanha, é lugar de beleza incontestável. Além disso, bastante castiça e afável.

É de salientar que é daqui que muitos caminhantes se aventuram a explorar o Naranjo de Bulnes (ou Pico de Urriellu).

Informação prática sobre o Funicular de Bulnes:
  • Preço: 22€ ida e volta
  • Duração da viagem: 8 minutos/viagem
  • Última viagem: às 18:00h
picos da europa
Posto isto, é altura de explorares a aldeia, passeando e fotografando. Sugiro também que subas até ao Miradouro Pico Urriellu.

Bulnes tem alojamento e restaurante caso tenhas interesse.

Localização única para pernoitar – ver alojamentos baratos Bulnes.
picos da europa
Depois da visita à icónica aldeia de Bulnes nos Picos da Europa, sugiro que desças pelo trekking GR-203 até Poncebos. Já pouco perto do final, ela liga à grande Ruta del Cares.

É um percurso sinuoso, mas de uma beleza inigualável. E por esta altura já deves ter percebido que trilhos e paisagens são o forte dos Picos da Europa.

Por isso, se quiseres mais estímulo sensorial é seguires este percurso.

Informação Prática da Caminhada até Poncebos:
  • Distância: 4 km
  • Tipo de percurso: linear
  • Grau de dificuldade: moderado
  • Rota: Bulnes/Poncebos
roteiro carro picos da europa
Sotres (Astúrias e Cantábria)
Ora, depois de uma caminhada lindíssima, é altura de seguires para mais uma aldeia encantadora. Segues agora pela CA-1, numa viagem de carro incrível (de 10 km) que te levará até Sotres.
Adorei conhecer esta aldeia, acho mesmo que fica num sítio lindíssimo e bem enquadrado. Além disso, é extremamente castiça, acolhedora e com um charme peculiar.

A minha sugestão é que explores a aldeia de Sotres e fiques a pernoitar por aqui. De forma, a descansares da caminhada e das emoções fortes de mais um dia nos Picos da Europa.

Se tiveres tempo, podes visitar Tresviso (continuação da CA-1), no lado de Cantábria.

Localização de charme para pernoitar – ver alojamentos baratos Sotres.
picos da europa

⇒ Roteiro para visitar Picos da Europa: dia 4

Sotres – Ruta del Cares – Las Arenas

Basicamente o dia 4 é dedicado a percorrer a grande Ruta del Cares. Um dos percursos mais famosos do Parque Nacional dos Picos da Europa.

Portanto, prepara o equipamento de caminhada e segue nesta aventura. Então sugiro que preparares roupa de caminhada, calçado adequado.

E uma mochila com os apetrechos básicos: lanche, água, chapéu, protetor, material fotográfico, etc.

Ruta del Cares (Astúrias e Castilla y León)
A Ruta del Cares é de facto o trekking mais emblemático dos Picos da Europa. E não é à toa que assim é. São 12 km de caminhada por paisagens inimagináveis e um desfiladeiro magnífico, conhecido por Garganta Divina.

O trilho tem 12 km e liga Poncebos até Caín num percurso linear. Portanto, neste dia já não dá para introduzires mais nada no teu roteiro pelos Picos da Europa.

É dedicado exclusivamente ao trekking e quando acabares só vais tomar um banho, desfrutar de um bom jantar de convívio e descansar.

Portanto, o local de dormida (por praticidade) é novamente em Arenas de Cabrales. É perto e já ficas na rota certa para o dia seguinte.

Localização perfeita para pernoitar – ver hotéis baratos em Las Arenas.
picos da europa

⇒ Roteiro para visitar Picos da Europa: dia 5

Las Arenas – Desfiladero de La Hermida – Potes – Mogrovejo – Fuente Dé

Mais uma vez a partida para mais um dia nos Picos da Europa é cedinho. Mas desta vez de carro e bem confortável para desfrutares da paisagem em pleno, depois da etapa do dia anterior.

São à volta de 76 km até à último ponto de interesse do dia – Fuente Dé. Depois, terás de descer novamente a Potes, E de lá, pernoitares em Potes ou seguires rumo a Portugal.

A melhor estrada de regresso é a nacional N-621 que, mais uma vez, tem paisagens lindíssimas. E que te leva novamente a Riaño – o ponto inicial deste roteiro nos Picos da Europa.

roteiro carro picos da europa
Desfiladero de La Hermida (Catábria)
O desfiladero de La Hermida acompanha-te durante parte da estrada nacional N-621 dos Picos da Europa. E nesta altura basta apreciares e desfrutares das paisagens.
picos da europa
Potes (Catábria)
Chegando a Potes, é altura de fazeres uma paragem obrigatória para almoço e explorar este vilarejo mais atraente da Cantábria. É maior que Arena de Cabrales e bem agitado, dá gosto de ver.

Também foi uma das localidades que mais gostei nos Picos da Europa. Muito charmoso e animado.

picos da europa
Potes é um vilarejo histórico e ao explorares as ruas facilmente vais percebê-lo. Por aqui os pontos de interesse são a Torre do Infantado – uma construção do século XV e facilmente reconhecida.

Passa pela igreja paroquial de San Vicente, com elementos construtivos desde o século XIV ao XVIII. E pelas pontes medievais de São Caetano e de Cárcel que atravessam o rio Quiviesa. Muito bonito, mesmo!

Localização perfeita para pernoitar – ver hotéis baratos em Potes.
picos da europa
Mogrovejo (Catábria)
Depois de visitares Potes segue pela estrada CA-185 que te levará até ao último ponto de visita aos Picos da Europa, Fuente Dé.

A certa altura terás de virar à direita numa subida que te levará até à pequena aldeia de Mogrovejo. Pequenina, típica e bem arranjada, com uma vista magnifica sobre os picos montanhosos.

Vista a aldeia, regressas novamente à CA-185 com destino a Espinama. Aqui podes parar para ver a aldeia e beber um café solo.

roteiro picos europa
Fuente Dé (Catábria)
Ora, eis o último ponto onde te leva a estrada CA-185, a Fuente Dé. Aqui situa-se uma das maiores atrações dos Picos da Europa. O famoso teleférico de Fuente Dé.

O teleférico une Fuente Dé ao Miradouro do Cabo, uma das vistas mais fantásticas dos Picos da Europa.

Informações sobre o Teleférico de Fuente de Dé:
  • Horários: segunda a sexta-feira: 10:00h às 18:00h; sábados e domingos: 09:00h às 18:00h.
  • Preços ida-volta: 17€ (época baixa); 20€ (época alta)
roteiro picos europa

Dicas para acrescentares mais dias ao teu roteiro nos Picos da Europa ​

A região das praias também tem lugares muito simpáticos e bonitos. Além disso o percurso por estrada é bastante agradável.

Por isso, se fores no verão pode ser uma ótima opção para acrescentares mais um tempinho ao roteiro nos Picos da Europa.

De Arenas de Cabrales por exemplo há um troço que te leva diretamente à região das praias. Ou por outro lado podes sempre apanhar a estrada desde incio. Por exemplo, desde Unquera até Berbes.

Além disso, ainda existem mais trilhos interessantes para fazeres nos Picos da Europa, além da Ruta del Cares. Como por exemplo, o percurso que liga Sotres a Espinama.

É um percurso de 14,4 km brutalíssimo! Para mim, um ponto altíssimo da viagem aos Picos da Europa.

Eu fiz de jipe, mas se não tiveres um carro adequado é sem dúvida um percurso para fazer a caminhar. Onde não faltam animais e paisagens sublimes!

roteiro picos europa

Outros artigos sobre os Picos da Europa

Se quiseres saber mais sobre os Picos da Europa, então lê também o artigo sobre os deslumbrantes Lagos de Covadonga. Sem dúvida nenhuma, um dos pontos altos de uma viagem aos Picos da Europa.

E se quiseres saber mais sobre os Picos da Europa, sugiro uma leitura pela famosa aldeia isolada de Bulnes – localizada no coração da montanha dos Picos da Europa.

Seguro de viagem para os Picos da Europa

Não devemos descurar a nossa proteção quando saímos fora de Portugal. E tendo em conta que é uma viagem à nossa vizinha Espanha, sugiro a cobertura IATI Escapadinhas, da IATI Seguros. Uma agência completamente especializada em seguros de viagem.

A IATI Escapadinhas é um seguro super económico e abrangente (assistência médica, bagagem, desportos aventura e animais de estimação). Além disso, tem com cobertura COVID-19, seja para assistência em viagem, como para cancelamentos.

Ou seja, se fizeres uma simulação para 7 dias vais pagar, no mínimo, 20 e poucos euros. Portanto, como vês, vale a pena estar segurado.

Faz agora a uma simulação para a tua viagem aos Picos da Europa e desfruta de 5% de desconto através do meu link!

Outros artigos de Espanha

Visitar BarcelonaVisitar MenorcaVisitar Valência

Observação: esta página de artigo contém link de afiliados. Por isso, por cada reserva que efetuares através dos meus links, eu ganho uma comissão. Dessa forma, ajudas a Saber Viajar a manter-se viva e a produzir cada vez mais conteúdo de qualidade. E a boa notícia? É que não pagas nada a mais por isso! De coração, obrigada!

QUERES VIAJAR MAIS E MELHOR?

 

Subscreve a minha Newsletter e recebe todas as sugestões de viagens, dicas e roteiros criativos no teu e-mail.

Recebi o teu pedido de subscrição. Por favor, confirma o registo no e-mail que te enviei agora. Obrigada!

Pin It on Pinterest

Share This