Tens vontade de conhecer um pouco do Património UNESCO do centro de Portugal?

Então, sugiro que leias este artigo até ao final para descobrires alguns dos muitos pontos considerados Património da Humanidade desta região.

centro de portugal

Portugal tem um património histórico de valor incalculável ao longo de toda a sua extensão. E a região centro de Portugal é a prova viva de que se fez boa história, cultura e obras arquitetónicas inigualáveis.

Aldeias históricas beirãs que encantam e mostram aos visitantes as verdadeiras raízes da nação portuguesa.

O património natural marcado pelas serras impetuosas. Como é o caso da Serra da Estrela, Mira De Aire e Candeeiros ou Lousã.

E ainda a costa portuguesa. Uma beira-mar riquíssima com algumas das praias mais bonitas e mais divulgadas do mundo! Inclusivamente, só na região centro de Portugal, estão localizadas algumas das praias mais importantes do surf mundial. Como é o caso de Peniche e da Nazaré.

Portanto, como podes perceber, são inúmeros os motivos para se visitar a região centro de Portugal. Pois, não falta cultura, história, bem receber e, acima de tudo, muita aventura pelo caminho!

E, neste artigo, convido-te a conhecer alguns dos pontos de interesse nacional e mundial. Pontos, esses, classificados como Património da Humanidade pela UNESCO.

Estas sugestões são baseadas numa viagem que realizei este ano de 3 dias. E posso assegurar que é uma verdadeira viagem pela tradição, história e personalidade de toda a região do centro de Portugal.

Preparada para a aventura pelo centro de Portugal?

6 Lugares Património UNESCO para conheceres no centro de Portugal

No foco desta viagem pelo Património do centro de Portugal estão as cidades de Alcobaça, Batalha, Tomar e Coimbra. Porque, além de ligadas pela sua proximidade, estão ligadas também pela magnitude do contributo que apresentam em termos de património.

Por isso, vamos lá conhecer os lugares de interesse mundial localizados nestas cidades magníficas do nosso centro de Portugal.

1. Mosteiro de Alcobaça (Alcobaça)

Definitivamente, não é à toa que este monumento gótico medieval está classificado como Património da Humanidade pela UNESCO. Trata-se da maior e mais impressionante obra de arquitetura Cister da Europa. E está mesmo aqui ao lado, no centro de Portugal, em Alcobaça.

O edifício foi fundado por D. Afonso Henriques em 1153, horando um voto que fez logo após a reconquista de Santarém em 1147. E as obras prolongaram-se por 100 anos até ao término do edifício.

centro de portugal

O mosteiro de Alcobaça foi uma das primeiras construções monásticas cistercienses em território português. E, hoje é um dos grandes mosteiros da península ibérica que domina esta querida cidade do centro de Portugal, Alcobaça.

centro de portugal

A visita ao mosteiro de Alcobaça é uma verdadeira viagem no tempo. Portanto, se gostas de história. E tens curiosidade em conhecer monumentos imponentes, visita o mosteiro de Alcobaça.

Porque, certamente, vais adorar conhecer uma propriedade que em tempos foi uma das mais ricas  e poderosas do país.

2. Mosteiro de Santa Maria de Coz (Alcobaça)

Trata-se de um edifício de esplendor artístico incrível pertencente à ordem Cisterciense.

O Mosteiro de Santa Maria de Coz dedicava-se ao sexo feminino. Em particular, a receber mulheres viúvas que levassem uma vida piedosa.

E, tudo isto só foi possível graças ao desejo de D. Sancho II, expresso em testamento. Que mais tarde, em 1279, foi realizado por D. Fernando. Abade do Mosteiro de Alcobaça.

centro de portugal

O interior da igreja é a prova viva da riqueza desta comunidade. A igreja apresenta uma decoração barroca. E é formada por uma nave, capela-mor e coro.

Sinceramente, foi uma das igrejas mais interessantes e que gostei de visitar. Por todo o seu esplendor. O altar-mor em talha dourada. O teto em caixotões de madeira incrivelmente decorados com representações da espiritualidade típica cisterciense.

Ainda, o maravilhoso coro das monjas e a sacristia! Sem dúvida, o ‘ex libris’ da visita ao mosteiro de Santa Maria de Coz. Aqui tens a oportunidade de contemplar verdadeiras obras de arte em forma de azulejos azuis e brancos. De grande qualidade.

Além disso, ainda visitei a sede do projeto Coz’ART – Artesanato Ruralidade e Turismo. É um lugar que conjuga o passado e o presente, apostando na produção artesanal das tão conhecidas cestas de junco.

É uma iniciativa bastante interessante com o intuito de revitalizar a arte de trabalhar o junco. Além disso, ainda integra novas interpretações do design tradicional português.

3. Mosteiro da Batalha (Batalha)

O mosteiro de Santa Maria da Vitória, mais conhecido como Mosteiro da Batalha, é uma das obras mais incríveis da arquitetura portuguesa e europeia.

Foram milhares as vezes que passei pela Batalha de carro e pude apreciar toda a sua beleza do lado de fora. Mas, a verdadeira magnitude sente-se assim que se pisa o interior do monumento.

Portanto, a minha sugestão é fazeres uma visita e dedicares algum tempo ao interior deste edifício enigmático.

É uma construção com presença de arte gótica (predominante), manuelina e breves apontamentos renascentistas. E isso pode ser explicado pelo longo período de construção. Pois, foram mais de 150 anos.

centro de Portugal

O Mosteiro da Batalha foi mandado edificar por ordem de D. João I como forma de agradecimento pela vitória em Aljubarrota travada a 14 de agosto de 1385. Batalha que permitiu manter o trono e garantir assim a independência de Portugal.

Assim, D. João I doou a obra arquitetónica à ordem de S. Domingos. E mais tarde com a extinção das ordens religiosas em 1834, o monumento foi incorporado na Fazenda Pública. Sendo hoje parte integrante da dependência da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC).

centro de Portugal

4. Mata Nacional dos Sete Montes (Tomar)

Depois de conheceres os impressionantes monumentos de Alcobaça e Batalha, é hora de seguirmos até à cidade de Tomar. A magnífica cidade templária, localizada no coração e centro de Portugal.

A Mata Nacional dos Sete Montes situa-se mesmo no centro da cidade. Portanto, aquilo que sugiro é que estaciones o carro e faças um passeio descontraído pelo centro histórico da cidade.

Há muita coisa bonita e interessante para conhecer na cidade de Tomar. A sinagoga, a Moagem – Fábrica das Artes, Museu da Energia.

Depois disso, segue em direção à Mata dos Sete Montes. Localizada mesmo em frente ao posto de turismo da cidade.​​

Aquilo que posso dizer desta Mata é que é um jardim gigante maravilhoso! Gostei muito de conhecer. São cerca de 40 hectares de área total cheia de cor e feitios. É, basicamente, o pulmão de Tomar e um dos grandes pontos de interesse desta bela cidade do centro de Portugal.

Portanto, a mata acolhe visitantes, curiosos, caminhantes e desportistas. E, essencialmente, todos aqueles que procuram paz de espírito, beleza e um pouco de contacto com a natureza.

Além disso, a Mata Nacional dos Sete Montes está cheia de histórias para contar. Não fizesse ela ligação ao castelo.

E ainda, parte integrante do Convento. Sendo usada pela Ordem de Cristo como área de cultivo e de recolhimento.

5. Convento de Cristo (Tomar)

Definitivamente, uma verdadeira preciosidade de monumento! Para mim, foi sem sombra de dúvida, um dos pontos altos da minha experiência pelo Património UNESCO do centro de Portugal.

centro de portugal

Assim que comecei a visitar o interior do Convento de Cristo, senti-me num verdadeiro cenário dos filmes de história. Mesmo. A zona do refeitório, dormitórios. Impressionante.

E confesso também, que toda a magia que se gerou em torno desta visita não teria sido a mesma coisa, se não tivesse sido conduzida pela Maria da Luz Lopes (dos serviços educativos do Convento de Cristo).

Uma pessoa muito interessante. Com uma energia contagiante e conhecedora de todos os pormenores e simbologia do Convento de Cristo.

centro de portugal

O Convento de Cristo é literalmente uma viagem no tempo. Portanto, se gostas de histórias místicas em torno da história de Portugal. E também, do tema templários. Então, sugiro, mesmo, que não percas esta oportunidade.

centro de portugal

6. Universidade de Coimbra, Alta e Sofia (Batalha)

Depois do mergulho à história de Tomar e dos templários, que tanto caracterizam a cidade de Tomar, rumei destino a Coimbra para finalizar esta viagem de 3 dias pelo centro de Portugal.

centro de portugal

A cidade dos estudantes, do conhecimento, tradições, história, monumentos e muito mais! Nesta visita, o foco foi visitar e conhecer mais a fundo a Universidade de Coimbra, Alta e Sofia. Um conjunto arquitetónico que integra o Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, desde 2013.

E só um dia não chega para visitar todos os pontos. Mas certamente, não faltarão oportunidades para conheceres tudo o que Coimbra tem para oferecer.

A Universidade de Coimbra, Biblioteca Geral, Jardim Botânico, Baixa, Alta e muito mais! Neste dia, dediquei-me a conhecer um pouco mais do Património da Humanidade desta minha querida cidade.

E ainda, tive oportunidade de visitar o Museu Machado de Castro. Um Museu magnífico que conta um pouco da origem da cidade de Coimbra. Uma realidade que, provavelmente, poucos fazem ideia. Até mesmo os habitantes.

Portanto, deixo aqui também mais esta dica da cidade de Coimbra. Se tiveres tempo na tua passagem pela cidade do conhecimento. Visita o Museu Machado de Castro e vais ver como não te arrependes do que vais ver lá dentro. 

Melhores Hotéis no Centro de Portugal

Organiza a tua próxima viagem:

Pesquisa os melhores voos com a kiwi ou Lufthansa. Se queres encontrar as melhores soluções de alojamento procura em: Booking, Hostelworld

As melhores atividades, pacotes de viagem ou rent-a-car são com a Logitravel que oferece uma vasta gama de soluções. Inclusivamente, o rent-a-car da Logitravel é muito competitivo.

Caso precises, contrata um bom seguro de viagem com: a iatiseguros (usufrui de 5% de desconto) ou com a worldnomads. Estes são os melhores e mais especializados seguros de viagem que podes encontrar.

Para as desfrutares das melhores atividades turísticas em viagem pesquisa na: Civitatis ou GetYourGuide.

Queres descobrir todos os recursos de viagem?

Quando planeias a tua viagem através dos links disponibilizados no blog, estás a ajudar e a incentivar o Wander Life a continuar a sua viagem pela criação de conteúdo útil e de qualidade. Não gastas mais por isso e ajudas o blog a manter-se ativo 🙂

GOSTASTE DO POST? GUARDA O PIN PARA LERES MAIS TARDE! ↡↡

QUERES VIAJAR MAIS E MELHOR?

 

Subscreve a minha Newsletter e recebe todas as sugestões de viagens, dicas e roteiros criativos no teu e-mail.

Recebi o teu pedido de subscrição. Por favor, confirma o registo no e-mail que te enviei agora. Obrigada!

Pin It on Pinterest

Share This