Se estás a pensar fazer uma viagem internacional brevemente, então vais precisar de um bom plano de ação, de forma a preparares tudo ao mais ínfimo pormenor. Porque, não há nada melhor do que fazermos uma viagem tranquila e com o mínimo de imprevistos possível.

Mas para que isso aconteça, é necessário definir e preparar, a priori, uma série de coisas antes da viagem. Principalmente, se queres fazer uma viagem internacional, mas ainda não definiste bem qual o teu destino de sonho. 

Portanto, mãos à obra, porque há muito trabalhinho a ser feito para que esta aventura se torne real e bem organizada na tua vida!

Como planear uma viagem internacional totalmente independente – guia passo a passo

Abaixo, criei um pequeno guia que te vai ajudar a preparar uma viagem internacional totalmente independente de forma organizada e tranquila, sem stresses. Por isso, segue o passo a passo, e vais ver que tudo se vai desenrolar da melhor forma.

Passo 1 para Planear Viagem – definir o propósito da viagem

Não sei se é o teu caso, mas há muitas pessoas que querem fazer uma viagem internacional, mas ainda não definiram bem qual o seu destino de viagem ou, muitas vezes, que tipo de férias querem fazer. Portanto, antes de começares a pensar em roteiros, define primeiro que tipo de viagem pretendes fazer:

⇒ Viagem de Mochilão

O mochilão é um dos tipos de viagem mais económicos, e também a tipologia que mais inspira os viajantes. Porque, se metermos a nossa mente brilhante a trabalhar, aquela imagem da mochila às costas a desbravar a natureza, a descoberta e a aventura é sempre uma grande fonte de inspiração pra qualquer viajante!

E por ser um estilo de viagem económico, o alojamento mais procurado é o hostel. Que por vezes, dependendo da localização, pode ser mesmo a única opção de alojamento existente. Por isso, é coração ao largo!

viagem internacional

Para uma viagem internacional do estilo mochilão, podemos incluir no roteiro – trilhos, passeios na montanha, deserto, além dos múltiplos desportos radicais. É, sem dúvida, um dos tipos de viagem mais apaixonantes e aventureiros!

Alguns dos destinos mais procurados para esta finalidade são os países do sudeste asiático, Chile e Peru.

⇒ Viagem de Aventura

Se a viagem de mochilão não é bem a tua praia, mas ainda assim queres fazer turismo de aventura e natureza, podes sempre optar por algo mais confortável dentro do estilo. 

Algumas sugestões interessantes passam por road trips de autocaravanas, road trips de jipe, (simplesmente, brutal), ecoturismo, desfrutar de estadias no deserto, entre muitas outras opções.

Destinos para este tipo de viagem – Marrocos, Costa Rica, Amazónia, Islândia, Croácia.

⇒ Viagens Culturais e Gastronómicas

Existem países maravilhosos que nos mostram o quão versátil e dinâmico é o nosso mundo. Seja através da história, arquitetura, da moda, gastronomia ou até do estilo de vida. Portanto, se estás à procura de algo mais sofisticado, movimentado e cultural, então mergulha neste tipo de viagem.

É uma tipologia que pode ser mais económica ou de luxo, dependo do teu estilo e orçamento. E qualquer destino europeu pode ser fantástico para esta viagem internacional

A Europa está repleta de história, de diversidade e de muito charme por todo o lado! Além disso, ainda existem muitas paisagens naturais exuberantes para conhecer.

Destinos interessantes – Finlândia, Itália, Inglaterra, Alemanha, Turquia.

Cidade das Artes e das Ciências – Palau das Artes e L’Hemisféric

⇒ Viagens Espirituais

As viagens espirituais podem ser um grande motivo para fazeres uma viagem internacional. Há quem a faça a solo ou com pequenos grupos. E a grande motivação neste tipo de viagem passa pela auto-descoberta. A vontade de nos voltarmos pra dentro e de nos conectarmos mais fortemente com a nossa essência e com o nosso propósito de vida.

Sejam viagens mais profundas e espirituais ou outro estilo, há uma coisa importante a reter. Todas as viagens que fazemos acrescentam-nos sempre de alguma forma. Seja na nossa personalidade, nos nossos hábitos, perspetivas de ver as coisas e os outros ou em qualquer outra coisa.

viagem internacional

Pessoalmente, acho este estilo muito bonito e inspirador. E está nos meus planos. Há lugares maravilhosos no nosso mundo para desfrutarmos de paisagem, cultura e de muita espiritualidade!

Destinos interessantes – Índia (praticamente o berço da espiritualidade), Butão, Indonésia, Myanmar.

Passo 2 para Planear Viagem – definir orçamento e comparar gastos

Depois de definir o estilo e os possíveis destinos de viagem, está na altura de estabelecer o orçamento e de comparar gastos importantes. Inclusive, nas diferentes alturas do ano. Porque as estações impactam bastante no custo final de uma viagem.

Assim, sugiro que abras um ficheiro de Excel e comeces por registar todos os gastos prováveis com os destinos que selecionaste para a tua grande viagem internacional.

É importante salientar que planear uma viagem de forma clara e bem organizada é meio caminho andado para que tudo corra da melhor forma. Principalmente, porque evita muitos gastos esquecidos! Além disso, consegues perceber bem qual a melhor opção para a tua carteira.

Regista os gastos com a documentação, preço com bilhetes de avião, deslocações, alojamento (custo médio), atividades e atrações que gostasses de fazer.

Aproveita e descobre as nossas 10 dicas úteis para poupares dinheiro para viajar.

Passo 3 para Planear Viagem – desenhar o roteiro

Uma das melhores partes do planeamento de qualquer viagem é, sem dúvida, o roteiro. Pesquisar pelos melhores spots, por lugares inesquecíveis, melhores atrações, etc. Eu sei, é extremamente entusiasmante!

Por isso, recomendo que faças uma boa pesquisa pela internet (através de blogs, sites de viagens, guias online) e que consultes também alguns roteiros de viagem em papel.

viagem internacional

Normalmente, os sites de viajantes independentes são sempre mais inspiradores, porque nos mostram imagens únicas e contam-nos um pouco da sua experiência no lugar. Mas, os guias em papel também nos dão boas dicas sobre os destinos: moeda local, clima, condições de segurança, cuidados de saúde, telecomunicações, entre muitas outras informações úteis e práticas.

Assim que tiveres estudado toda a informação tenho a certeza de que serás capaz de construir um itinerário bastante interessante. Aproveita também para descobrires algumas das dicas que já temos aqui no blog. Vais encontrar uma série de destinos.

viagem internacional

Passo 4 para Planear Viagem – preparar a documentação

Agora que já decidiste o destino da tua viagem internacional, podes começar a tratar calmamente de toda a documentação necessária (passaporte, vistos, certificado vacinação, etc.). É importante tratar das coisas com alguma antecedência, porque podem ocorrer atrasos na emissão de alguns dos documentos.

Relativamente à situação Covid-19, faz uma consulta sobre quais as condições exigidas pelo teu país de destino.

Lembrete: verifica a validade dos teus cartões de crédito, cartão de cidadão, ou outros que pretendas usar durante a viagem. No caso do passaporte, a validade mínima exigida é de, normalmente, 6 meses após a data do fim da viagem.

viagem internacional

Abaixo, deixo-te informações sobre o regime de entrada turística em alguns dos países mais visitados do mundo, para portugueses e brasileiros:

Colômbia:

Os portugueses não necessitam de vistos para entrar na Colômbia e os passaportes devem ter validade mínima de 6 meses a partir do dia de entrada na Colômbia. Os brasileiros devem apresentar a documentação padrão, como passaporte válido ou carteira de identidade (RG). Além disso, é obrigatório (para qualquer viajante do mundo) o preenchimento do CHECK-MIG nas 24 horas antecedentes ao voo. (Válido para Portugal, Brasil)

Espanha:

Os brasileiros não necessitam de visto para entrar no país, sendo permitida a sua permanência até 90 dias (em qualquer período de 180 dias). O passaporte deve ser válido por 3 meses após a data prevista de saída do território Schengen e ter sido emitido nos 10 anos anteriores à data de entrada. (Válido para o Brasil)

Costa Rica:

Portugueses e brasileiros não necessitam de visto para entrar na Costa Rica. Sendo a permanência máxima no país de 90 dias, não prorrogáveis. Os passaportes devem ter uma validade mínima de 1 dia. (Válido para Portugal, Brasil)

Tailândia:

Os portugueses não necessitam de apresentar visto para estadias de 30 dias (via aérea) ou de 15 dias (via terrestre). Já os brasileiros podem permanecer sem visto durante 90 dias. Os passaportes deverão ter validade superior a 6 meses, acrescidos do tempo de viagem. (Válido para Portugal, Brasil)

Indonésia:

A isenção de visto em território indonésio só é válida para períodos de 30 dias (não prorrogável). Caso a viagem turística se prolongue por mais tempo, terás de solicitar visto de entrada. Além disso, os passaportes têm de ter validade igual ou superior a 6 meses a contar da data de regresso. (Válido para Portugal, Brasil)

Itália:

para períodos de 90 dias, os brasileiros não necessitam de apresentar visto. Os passaportes devem ter validade mínima de 6 meses a contar da data de regresso. (Válido para o Brasil)

México:

Os portugueses não necessitam de visto para estadias de até 180 dias. E os passaportes devem ter validade mínima de 6 meses a contar da data de saída do país. Já os brasileiros devem apresentar visto. Além disso, todos os viajantes devem preencher o formulário migratório. (Válido para Portugal, Brasil)

Passo 5 para Planear Viagem – reservar os bilhetes de avião

É necessário avaliar se existem escalas e quantas horas duram, qual o tempo previsto para cada voo, etc. E atenção, porque voos baratos nem sempre significam menos despesa.

Muitas vezes, os valores reduzidos estão associados a escalas de muitas horas, o que implica dormida. E isso, pode traduzir-se em mais despesa com alojamento.

Motores de pesquisa de passagens aéreas mais conhecidos: Momondo, Kiwi, Kayak, Skyscanner.

viagem internacional

Passo 6 para Planear Viagem – reservar o alojamento

Como já referi anteriormente, o alojamento é uma das grandes fatias do bolo da gestão orçamental de uma viagem internacional ou mesmo nacional. Por isso, deve ser marcada com alguma antecedência, até para não correres o risco dos hotéis ficarem com lotação cheia, e os preços dispararem acima do previsto.

viagem internacional

Mediante o teu estilo de viagem e orçamento pesquisa as melhores soluções e de preferência com a melhor localização possível. Pelo menos, eu, privilegio alojamentos próximos aos pontos de interesse ou com bons acessos a uma rede de transporte.

Normalmente, utilizo o Booking para marcar os meus alojamentos. Tem uma oferta gigante de hotéis, casas de campo, apartamentos, entre outros. Por isso, não vão faltar opções para qualquer estilo de viagem que queiras fazer.

Passo 7 para Planear Viagem – fazer um seguro de viagem

Fazer um seguro de viagem é uma das coisas mais importantes a ter em conta na altura de planear uma viagem internacional. E não é apenas por uma questão de saúde.

Um seguro de viagem traz amplos benefícios a quem viaja protegido: responsabilidade civil, assistência médica, repatriação, roubo e danos de bagagem, proteção em caso atrasos/perdas de ligação, acidentes, etc.

viagem internacional

É um recurso muito importante para quem quer viajar de forma tranquila e segura.

Existem seguros para diferentes tipos de viagem: básico, família, mochileiro, aventura, etc.  Por isso, é uma questão de verificares qual a melhor opção para o estilo de viagem que vais fazer.

Passo 8 para Planear Viagem – ir a uma consulta do viajante

A consulta do viajante é muito importante, principalmente se fores viajar para países fora da União Europeia. A consulta inclui uma série de orientações, como vacinação mais adequada para o país de destino, recomendação e prescrição de medicação, dicas de higiene e de saúde, etc.

É recomendado marcar esta consulta com 1 a 2 meses de antecedência. Além disso, deves apresentar documento de identificação, número de utente de serviço de saúde, boletim de vacinas, certificado internacional de vacinação.

viagem internacional

Passo 9 para Planear Viagem – trocar dinheiro

A troca de dinheiro convém ser feita com bastante antecedência. Porque, normalmente, há sempre algum tempo de espera inerente ao processo. 

Então é aconselhável, visitar algumas casas de câmbio e bancos da tua região para perceberes qual a taxa mais rentável para a troca. 

Também existem outras opções para levar dinheiro para outros países, como cartões pré-pagos, cartão de débito, entre outras opções.

Passo 10 para Planear Viagem – fazer as malas de viagem

Bem, esta é, sem dúvida, uma das etapas mais empolgantes da preparação de uma viagem! Porque significa que, muito em breve, vais seguir rumo ao teu destino de sonho. E isso é maravilhoso, porque realizaste um dos teus objetivos!

Por isso, vamos lá a algumas dicas para arrumar a mala de viagem:

Convém levares roupas de acordo com a estação do ano a decorrer no destino de viagem. E o melhor conselho é não levar excesso de roupa. Eu sei que por vezes não é fácil encontrar um meio termo, mas é muito melhor quando se leva pouca bagagem.

Além de ser mais cómodo para carregar, é mais rápido e ágil quando precisas de chegar rapidamente àquilo que queres dentro da mala. Além disso, quando há menos opção de escolha, tendencialmente, perde-se menos tempo a escolher a toilette.

Portanto, sê mais minimalista ao selecionares o vestuário, calçado e acessórios. Dica útil é levares peças básicas que possam combinar bem com vários estilos de roupa.

Uma ferramenta que costuma ajudar na altura de fazer as malas de viagem, é uma lista com todas as coisas importantes a levar na bagagem. Lista com equipamentos eletrónicos, roupas, acessórios, material de higiene, medicamentos, material de primeiros socorros, entre outros.

Passo 11 para Planear Viagem – guardar os documentos em cloud ou e-mail

Por segurança, sempre que fizeres uma viagem internacional, guarda toda a documentação em formato digital. Incidentes acontecem, portanto, é melhor sermos cautelosos para não ficarmos na mão se algum imprevisto acontecer. De qualquer das formas, leva tudo impresso para facilitar a apresentação.

Tendo as precauções básicas, certamente a tua viagem internacional será tranquila, incrível e sem imprevistos. Além de tudo o que foi mencionado, também é importante consultares as informações nos sites do Ministério da Saúde e Turismo dos países que mais te interessam conhecer. Boa viagem!

QUERES VIAJAR MAIS E MELHOR?

 

Subscreve a minha Newsletter e recebe todas as sugestões de viagens, dicas e roteiros criativos no teu e-mail.

Recebi o teu pedido de subscrição. Por favor, confirma o registo no e-mail que te enviei agora. Obrigada!

Pin It on Pinterest

Share This