Valência é uma verdadeira joia da costa leste de Espanha, onde o passado histórico se encontra com a modernidade vibrante para criar uma experiência única e inesquecível. Portanto se estás à procura de uma escapada repleta de cultura, qualidade de vida e praia, estás no lugar certo.

A cidade de Valência é uma das cidades espanholas do meu coração. E não é só por toda a sua beleza e dias solarengos pelos quais é conhecida. É também por todo o seu charme, dinâmica e jovialidade. Além disso, tem acessos excelentes e praias de águas deliciosas!

Por isso, aqui vais encontrar toda a informação relevante sobre o que visitar Valência: desde os pontos turísticos, dicas exclusivas, onde dormir e comer.

valência

Acredita em mim quando te digo que Valência é uma das belezas guardadas do Mediterrâneo. Aqui encontras sol e luz praticamente todo o ano, design e sofisticação arquitetónica, cultura e história, praias de águas quentes e uma imensa qualidade de vida, capaz de seduzir qualquer turista.

Vais poder desfrutar de passeios de bicicleta por toda a cidade, deliciar-te com os sabores autênticos, conhecer a cidade das artes onde se encontram algumas das construções arquitetónicas mais atraentes de Valência. Além disso, há uma explosão de sabores de gabarito mundial, como a afamada paella valenciana, preparada com ingredientes locais.

Mas não é só isso, há tapas autênticos, bares de rua muito pitorescos onde podes desfrutar de uma taça de vinho e muito boa disposição, porque não há nada como estar de férias num sítio que nos preenche o coração. E onde conseguimos ter um pouco de tudo, e é precisamente aquilo que sinto quando falo de Valência.

Onde fica Valência?

Valência é uma cidade do sol e está envolvida em histórias antigas e está situada estrategicamente na costa leste de Espanha, às margens do Mar Mediterrâneo. Por isso, as águas são uma verdadeira bênção de tão quentes que são.

E graças a esta localização privilegiada, Valência desempenha um papel crucial no comércio marítimo e no turismo. Além disso, Valência é um ponto de encontro de culturas, um tesouro de diversidade e uma porta de entrada para o bem-estar e qualidade de vida que nunca é demais destacar.

Vale também referir que Valência é a terceira cidade mais populosa de Espanha e fica a 350,0 km de distância de Barcelona e Madrid e a 880,0 km de Lisboa.

valência

Como chegar a Valência?

Para prosseguires com a tua viagem a Valência é importante saberes como chegar á cidade. Na verdade, não há muita ciência, mas há ideias que podem fazer sentido para as tuas férias, claro.

Naturalmente, a forma mais económica e rápida de chegares a Valência é de avião, porque são apenas 1:30h. O Aeroporto de Valência (VLC) recebe voos de várias cidades espanholas e europeias. Portanto, com voos regulares e uma curta distância, chegas a Valência num piscar de olhos.

E se a tua intenção for de uma escapadinha, então ainda faz mais sentido esta opção. Existem várias companhias, inclusive companhias low cost, por isso é uma questão de ficares atenta e comprares os bilhetes na melhor altura.

valência

Por outro lado, se quiseres algo mais fora da caixa – a minha sugestão é para te aventurares numa Roadtrip pelo Sul de Espanha. Sim, eu já fiz essa roadtrip e posso-te dizer que adorei. Eu gosto sempre de aventura e novas experiências, portanto estou sempre a pensar em possibilidades que me levem à emoção e descoberta.

Porque a verdade é que esta roadtrip permite-te conhecer lugares incríveis e os destinos de praia mais afamados. Há praias e águas espetaculares e cidades incríveis para conheceres, como Sevilha, Almería, Múrcia. Já para não falar que tens a oportunidade de conhecer a paisagem e o enquadramento desta região de Espanha.

Outra alternativa, é fazeres a roadtrip mais curta, pelo interior de Espanha. E também consegues conhecer cidades muito interessantes como Mérida.

valência

Como ir do aeroporto até ao centro de Valência?

Se optares por uma visitar Valência de avião, assim que aterrares no aeroporto podes chegar até Valência através do metro, autocarro ou táxi. A distância é de cerca de 10,0 km.

Metro: para uma opção mais económica, o metro é uma excelente escolha. Porque, o Aeroporto de Valência está conectado à rede de metro da cidade e, portanto, oferece uma viagem direta até centro, em cerca de 20 minutos. Também é vantajoso em períodos em que os autocarros não funcionam, como feriados, domingos e horários noturnos (depois das 22:00h).

Autocarro: é uma opção confortável e acessível para chegar ao centro de Valência. Existem algumas possibilidades disponíveis, então podes escolher o autocarro que melhor se adapte ao teu itinerário e desfrutar de uma viagem panorâmica até à cidade.

Táxi: por último, e não menos viável, é contratares o serviço de um táxi. Sem dúvida, é a opção mais proveitosa, no sentido em que te leva diretamente à porta do hotel. E sinceramente, se chegares de noite a Valência, é noite pode ser a opção mais adequada.

Se quiseres reservar um transfer privado para te levar desde o aeroporto de Valência até ao hotel no centro da cidade, é uma forma de garantires que não existem percalços quando chegares para visitar Valência. Porque, o condutor vai estar à tua espera assim que aterrares.

Valência

Como te deslocares em Valência?

Esta é uma das parte mais interessantes de Valência e passo a explicar – quando falo na qualidade de vida de Valência é precisamente pelo todo, por todas estas características que se revelam acima da média.

Antes de mais, vale salientar que Valência é uma cidade plana, por isso, podes percorrê-la e conhecer cada recanto a pé. Principalmente, no centro histórico da Ciutat Vella e no fantástico e irresistível Jardim do Túria (que adoro).

Um parque criado sobre o leito do rio Túria, que foi desviado do centro de Valência, devido às imensas cheias que provocava em toda a cidade.

valência

Outras formas sustentáveis de te deslocares para visitar Valência são através de bicicletas ou trotinetas. Seja para visitares cada ponto turístico, seja para chegares até às praias urbanas (localizadas no centro da cidade).

Porque, como o Jardim do Túria tem cerca de 9,0 km de comprimento e atravessa a cidade de Valência de oeste a este, ele é uma verdadeira pista ecológica. Então, podes fazer quilómetros a pé ou de bicicleta chegando a imensos pontos turísticos diferentes.

E posso dizer que os locais usam o Jardim do Túria para se deslocarem, diariamente por Valência, nas suas trotinetas e bicicletas.

Para deslocações mais longas, podes usar os autocarros que funcionam muito bem.

Quando visitar Valência?

Quando é o momento ideal para visitar Valência e vivenciar toda a sua magia? A resposta é muito simples: sempre! Esta cidade encantadora da nossa vizinha Espanha brilha durante todo o ano, oferecendo mais de 300 dias de sol e experiências únicas e inesquecíveis em todas as estações.

Portanto, posto isto, vai depender mais da tua disponibilidade, interesses e orçamento. Porque Valência promete em qualquer altura do ano.

Na primavera, as ruas de Valência enchem-se de cores vibrantes e aromas sedutores. Graças aos festivais de flores e eventos culturais que celebram a chegada da estação. É o momento perfeito para explorar os parques exuberantes da cidade, da história e desfrutar do clima ameno e ensolarado.

valência

O verão traz consigo os dias longos e quentes, perfeitos para relaxares e desfrutares das praias incríveis de água quente de Valência. É uma ótima estação para aproveitares as noites quentes para passear e conhecer a vida noturna da cidade. E não há nada que goste mais do que desfrutar das noites quentes de verão a passear e conversar. E em Valência, as temperaturas noturnas estão sempre garantidas nesta época do ano.

No outono, as ruas de Valência transformam-se num mar de cores douradas, com festivais gastronómicos e culturais que celebram a colheita e a tradição. É o momento perfeito para saborear os deliciosos pratos locais e descobrir os segredos culinários da cidade.

Por fim, o inverno traz consigo um charme especial, com mercados de Natal, festivais de música e uma atmosfera acolhedora que envolve a cidade. É a época ideal para explorar os museus e galerias de arte de Valência, ou simplesmente relaxar num dos muitos cafés acolhedores da cidade.

Valência

Festas e Eventos tradicionais de Valência

Valência é conhecida pelas suas festas e eventos tradicionais, que celebram a cultura e tradição da cidade. Por isso partilho contigo alguns desses eventos, caso tenhas interesse em visitar Valência em alguma destas alturas.

Las Fallas de Valência: este festival é realizado anualmente de 15 a 19 de março. As festividades incluem a exibição de enormes figuras de papel machê (conhecidas como “fallas”) por toda a cidade. Na celebração final – conhecida como “La Cremà”, as figuras são queimadas.

La Tomatina de Buñol: esta festa ocorre na última quarta-feira de agosto em Buñol, uma cidade próxima de Valência. Milhares de participantes reúnem-se para uma batalha de tomates nas ruas da cidade, transformando-as numa verdadeira festa vermelha e suculenta.

Feria de Julio: este festival de verão é realizado durante todo o mês de julho em Valência. Oferece uma variedade de eventos culturais, musicais e desportivos por toda a cidade, incluindo concertos ao ar livre, espetáculos de dança, feiras de artesanato e muito mais.

Semana Santa Marinera: esta celebração ocorre durante a Semana Santa e destaca as tradições marítimas de Valência. É realizada anualmente nos bairros de pescadores da cidade, como El Cabanyal e El Grao. Envolve procissões religiosas, apresentações teatrais e eventos gastronómicos.

Quantos dias para visitar Valência?

A verdade é que esta é uma das perguntas mais comuns, e a resposta depende do teu estilo de viagem, das suas preferências pessoais e disponibilidade para visitar Valência.

Ou seja, se estás a planear uma visita rápida, um fim de semana pode ser o suficiente para ter uma visão geral da cidade e visitar algumas das principais atrações.

No entanto, para uma experiência mais completa e relaxante, recomendo (sem dúvida) dedicares pelo menos 4 a 5 dias para explorares Valência em profundidade e, se for verão, desfrutares das belas praias.

Durante esse tempo, vais ter a oportunidade de mergulhar na história e cultura da cidade. Passear pelas ruas charmosas, saborear a deliciosa gastronomia local e ainda relaxar nas praias incríveis de Valência.

Onde ficar a dormir em Valência – localização e alojamentos

Se estás a planear uma viagem para visitar Valência, uma das primeiras coisas a considerares é onde ficar na cidade.

Há uma grande variedade de bairros encantadores e também imensas opções de alojamentos para todos os gostos e orçamentos. Portanto, não será difícil arranjares um alojamento de acordo com as tuas preferências.

Das vezes que visitei Valência fiquei no centro histórico, mas localizada nos bairros junto ao Jardim do Túria, por preferência. Gosto de ficar perto das atrações e ao mesmo tempo de estar junto ao Jardim do Túria que é um dos meus queridos de Valência. E que me permite uma deslocação rápida para outros pontos da cidade.

Valência

Melhores localizações

Então, vamos lá às melhores recomendações. Se quiseres ficar como eu, localizada perto dos “2 mundos” – Centro Histórico e Jardim do Túria, encontras uma variada opção de alojamentos.

Se preferires ficar no coração da ação, o bairro do Centro Histórico é uma excelente escolha. Aqui, estarás a uma curta distância dos restaurantes, bares e das principais atrações da cidade, como a Catedral de Valência, a Praça da Virgem e a Lonja de la Seda. Além disso, o bairro oferece uma infinidade de opções de hotéis boutique, pousadas e apartamentos elegantes, que garantem uma estadia bastante confortável.

Ainda dentro do Centro Histórico de Valência, há uma zona bastante bonita, movimentada e com oferta de restaurantes – a Plaça de L’Ajuntament. É uma praça muito bonita que adoro e considero um dos locais perfeitos para se mergulhar na vivência valenciana.

Outra opção bastante popular é o bairro de Ruzafa, conhecido pela sua envolvência artística e gastronómica. Aqui, encontras uma imensa variedade de alojamentos modernos e elegantes, além de uma infinidade de cafés, bares e restaurantes animados.

Sugestões de alojamentos

Partilho contigo algumas das opções de alojamento com melhor relação qualidade/preço em Valência. Se quiseres ver mais sugestões recomendo que leias o artigo sobre onde ficar em Valência.

Se queres ficar, como eu, perto do Centro Histórico e do Jardim do Túria, recomendo o Blanq Comedias. Apresenta uma decoração simples no estilo minimalista e moderna. Além disso, tem uma ótima relação qualidade/preço. Já para não falar que está localizado num bairro encantador de Valência.

Este alojamento está localizado no coração do Centro Histórico de Valência, numa zona muito bonita e aconchegante. O Mon Suites Catedral são apartamentos incríveis recheados de toda a beleza e elegância. Portanto, a experiência é, sem dúvida, a melhor. E depois a relação qualidade/preço é excelente tendo em conta a oferta e localização no centro de Valência. E por estar no centro, não faltam restaurantes, cafetarias e muita alegria também.

O Venecia Plaza Centro é uma das melhores opções se pretenderes ficar hospedada na Plaça de L’Ajuntament. Fica num edifício lindíssimo com uma vista incrível para a praça, e além disso tem ótimas acomodações. Os quartos são espaçosos, luminosos e modernos. Sem dúvida, um dos melhores hotéis com melhor relação qualidade/preço em Valência.

Se procuras algo mais sofisticado e estilo boho minimalista, então o Yours Boutique Stay localizado no bairro de Ruzafa é para ti. É um verdadeiro encanto, disponibiliza piscina exterior, um terraço e bar e alguns quartos têm varanda com vista para a cidade de Valência.

Independentemente de onde escolhas ficar em Valência, uma coisa é certa: cada bairro oferece uma experiência única e inesquecível. E tenho absoluta certeza de que vais adorar conhecer esta cidade maravilhosa!

O que visitar em Valência

Valência é uma cidade encantadora repleta de história, cultura e beleza em cada canto. E ao embarcares nesta viagem vais perceber que toda a envolvente da cidade é absolutamente cativante.

Os edifícios têm uma arquitetura apaixonante, as praças são imponentes e alegres, há monumentos seculares para conhecer, variadíssimos espaços verdes espalhados pela cidade.

Há um rio que foi desviado e deu lugar ao pulmão da grande cidade de Valência – o Jardim do Túria. E aqui não falta o que ver e fazer, caminhadas, exercício, paisagens e muito mais.

Na cidade valenciana une-se a história, a modernidade e a cultura com edifícios que colocaram Valência nas bocas do mundo – como a bela e encantadora Cidade das Artes e das Ciências. Tudo é belo e entusiasmante, já para não falar das praias de águas apetecíveis, quentes e boas.

Uma verdadeira maravilha na cidade do sol e da luz. Portanto, prepara-te para uma experiência inesquecível em Valência, onde cada momento é uma oportunidade para te encantares e inspirares. Além disso, é ótima cidade para miúdos e graúdos, porque diversão não falta para qualquer idade.

Valência

Plaça de la Reina

Acorda bem cedo, para aproveitares cada momento do teu dia em Valência e segue para a Plaça de la Reina. Uma bela praça para conhecer e também o lugar ideal para beberes um café ou tomares o pequeno-almoço enquanto desfrutas da beleza e envolvência.

Na verdade, a Plaça de la Reina é um dos locais mais emblemáticos e encantadores de Valência. Não só porque está localizada no coração do Centro Histórico da cidade, mas também porque é dentro dela e ao seu redor que se localizam alguns dos monumentos e atrações mais importantes da cidade de Valência. E, portanto, é um dos pontos de paragem obrigatórios e um verdadeiro tesouro secular, repleto de história, cultura e charme.

Da praça, admira a imponente Catedral de Valência, cujo majestoso campanário se ergue orgulhosamente sobre a praça, proporcionando uma vista deslumbrante da cidade.

Mas a verdadeira magia da Plaça de la Reina reside essencialmente na sua atmosfera única e no seu papel como ponto de encontro e centro de atividades culturais e sociais em Valência.

E durante todo o ano, a praça é palco de eventos e celebrações que refletem a herança rica da cidade e que celebram a sua cultura vibrante.

Valência

Catedral de Valência

A Catedral de Valência é o testemunho da história e património cultural de Valência. Do lado de fora podes admirar a fachada do gótico espanhol e sua torre do Minguelete, um dos símbolos da cidade.

Vale também um destaque para a Porta do Palau, a mais antiga do templo, de estilo românico e elementos mudéjares.

Já no interior, tens acesso a todos os detalhes impressionantes, vitrais, obras de arte e esculturas que adornam as paredes. E joia principal – a Capela do Santo Cálice. A antiga sala capitular com a sua abóboda em estrela, uma imagem do céu com os 12 apóstolos e a coroação da Virgem.

De todos os objetos interiores, o que ganha maior destaque é o Santo Cálice, um copo do século I d.C. que, segundo a tradição, foi utilizado por Jesus para instituir a Eucaristia. Curioso, não?

E é precisamente aqui que todas as quintas-feiras às 12:00h que funciona o Tribunal das Águas – declarado como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO.

Valência

Plaça de la Virgen ou Plaça de la Mare de Déu

Próximo da Catedral de Valência, situa-se a agradável Plaça de la Virgen. E posso dizer desde já que é uma praça encantadora, principalmente ao final da tarde e à noite. Porque ganha vida, há pessoas a petiscar e a conviver, música ao vivo, enfim muita animação, além de ser bastante acolhedora.

Durante a noite, podes desfrutar de ótimos momentos. Aproveita para conviver num dos variados cafés, conversar e desfrutar de toda a dinâmica da praça. Aproveita os espetáculos amadores, a movimentação e o elemento icónico e central da Plaça de la Virgen – a fonte peculiar de Neptuno. Confesso que dá outra vibe à nossa praça durante a noite e que atrai muitos curiosos.

Valência

Igreja de San Nicolás

A Igreja de San Nicolau de Bari i Sant Pere Màrtir é uma das mais belas e significativas da cidade de Valência, repleta de história, arte e devoção.

Maravilha-te com os altares barrocos impressionantes, com as belas pinturas e esculturas sacras que adornam o espaço, e deixa-te envolver pela tranquilidade do ambiente.

A Igreja de San Nicolás é conhecida por acolher importantes relíquias e artefactos religiosos, incluindo a estátua de São Vicente Ferrer, um dos santos mais venerados de Valência.

Esta igreja é muito mais do que um simples local de culto – é um santuário de beleza, história e devoção que continuará a cativar e a inspirar qualquer viajante, por isso não deixes de passar para visitá-la.

Barrio del Carmen

É um bairro muito castiço onde o passado se encontra com o presente em um mosaico de cores, sabores e culturas.

Este bairro histórico é um verdadeiro tesouro escondido, repleto de ruas estreitas, praças encantadoras e uma atmosfera boémia que atrai moradores locais e visitantes de todo o mundo. Aqui encontram-se uma infinidade de cafés, restaurantes, bares noturnos e galeria de artes.

Além disso, é neste bairro que se encontram os portões medievais da cidade – as Torres de Serranos e Torres de Quart. E atenção, porque oferecem vistas deslumbrantes do bairro e da cidade de Valência.

Posso-te assegurar que é um microcosmo de Valência, onde tradição e modernidade se fundem em experiências sensoriais e culturais.

Igreja de los Santos Juanes

Esta é mais uma igreja emblemática da cidade de Valência e que encanta e atrai muitos visitantes. Contempla as abóbadas imponentes, os altares dourados e suas belas pinturas sacras.

Impressiona-te com todos os detalhes intricados dos retábulos e esculturas, que contam histórias de fé e devoção.

Além da beleza arquitetónica, a Igreja de los Santos Juanes também é conhecida por apresentar obras de arte importantes. Como pinturas de artistas conhecidos como Francisco Ribalta e Vicente López.

Cada uma destas obras de arte conta uma história única e oferece aos visitantes uma oportunidade de se conectarem com a herança cultural riquíssima de Valência.

Lonja de la Seda

O mercado da seda foi construído entre os anos de 1842-1533, e é uma das mais belas obras do gótico civil europeu. E é de tão relevante importância que a UNESCO o classificou como Património Mundial.

Foi um verdadeiro centro comercial direcionado para o comércio de seda no séc. VX, altura onde se viveram tempos de grande poder e riqueza em Valência.

O mercado da seda é composto por quatro partes – a torre, o salão do consulado do mar, o pátio das laranjeiras (pátio ao ar livre cheio de laranjeiras e uma pequena fonte no centro) e o salão das colunas.

Numa das salas podes sentar-te a assistir a um pequeno vídeo sobre o comércio da seda em Valência.

Dica – podes reservar a tua visita guiada pelo centro histórico que inclui o bilhete para o Museu da Seda.

visitar Valência

Mercado Central

A visita ao Mercado Central é um dos pontos altos da visita a Valência. É um verdadeiro paraíso para os amantes de mercados e gastronomia, porque vais encontrar uma experiência realmente imperdível.

Foi inaugurado em 1928 e é um dos mais antigos e vibrantes da Europa, oferecendo uma infinidade de sabores, aromas e cores que encantos os sentidos de quem o visita. Além disso, é uma referência arquitetónica do século XX.

No interior, vais encontrar uma arquitetura ampla, composta por um conjunto de vigas de aço e uma cúpula com mais de vinte metros de diâmetro.

Além disso, vais ter a oportunidade de desfrutar de uma atmosfera animada e de energia contagiante. Portanto, explora os corredores repletos de bancas coloridas, onde os comerciantes locais exibem uma variedade impressionante de produtos frescos.

Como frutas e legumes, peixes, carnes, queijos, frutos secos, presuntos, especiarias. Ainda podes saborear frutas e sumos de frutas servidos na hora, enfim, é um verdadeiro encanto e sabor! Para mim que adoro mercados é, sem dúvida, um dos pontos altos e mais divertidos da visita ao centro histórico de Valência.

Valência

Igreja de Santa Catarina

A Igreja de Santa Catarina é mais antiga de Valência, dedicada a Santa Catarina de Alexandria. É um verdadeiro tesouro arquitetónico e um local de devoção e contemplação para moradores locais e visitantes.

Explora os seus interiores magníficos, adornados com belas obras de arte sacra, altares ornamentados e detalhes arquitetónicos impressionantes que contam a história rica da igreja.

Além de seu valor espiritual e histórico, a Igreja de Santa Catarina também é um local de atividade cultural, com concertos de música sacra e exposições de arte frequentemente realizados no seu interior.

Plaça Redonda

Mesmo ao lado da Igreja de Santa Catarina está localizada a Plaça Redonda. Apresenta uma arquitetura singular, pois como o próprio nome indica – é uma praça redonda. Rodeada por casas charmosas de estilo valenciano, a praça é um oásis de tranquilidade no meio da agitação da cidade.

É neste edifício ao ar livre que acontece o mercado de artesanato, onde não faltam variedade de produtos locais, desde cerâmicas e joias até roupas e acessórios.

E mesmo que não tenhas interesse em comprar nada, a visita é obrigatória porque os comércios e a arquitetura são uma verdadeira atração turística e traduzem um pouco daquilo que caracteriza visitar Valência.

Valência

Plaça de L’Ajuntament

Esta é uma das praças mais agitadas e elegantes de Valência. Por isso, não percas a oportunidade de passar para visitá-la. Até porque está cercada por alguns dos edifícios mais imponentes e históricos da cidade.

Como o majestoso Ayuntamiento. Um edifício do estilo neoclássico que domina a praça, graças à sua arquitetura imponente e fachadas elegantes.

Por aqui, vais encontrar uma fonte luminosa no centro, cafés charmosos, artistas de rua, muita animação, beleza arquitetónica. É realmente uma praça lindíssima, e uma das minhas favoritas.

Valência

Estação do Norte

Depois da visita à bela Plaça de L’Ajuntament, proponho uma visita à Estación del Norte. É a estação ferroviária de Valência, e devo dizer que vale a pena passar para visitá-la.

Porque esta esta estação ferroviária histórica é muito mais do que apenas um local de trânsito – é uma obra-prima arquitetónica que encanta e cativa qualquer visitante.

Foi projetada pelo arquiteto valenciano Demetrio Ribes (finalizado em 1917), e é um exemplo impressionante do estilo modernista espanhol.

Ao entrares na estação, vais ser imediatamente transportada para uma era de glamour e sofisticação, com amplas salas de espera, vitrais coloridos e decoração meticulosamente restaurada.

Valência

Praça de Touros

Mesmo ao lado da Estação do Norte, está a Praça de Touros. E apesar de não ser adepta de qualquer evento ou espetáculos que envolvam touradas, confesso que gostei da beleza e imponência deste edifício.

Portanto, vale a pena passar para ver a fachada e também podes entrar (é gratuito) para conhecer o seu estilo neoclássico. Esta praça já existe desde 1859, o que faz dela uma das mais antigas da cidade.

visitar Valência

Bairro de Rufaza

Próximo à estação e à praça de touros, localiza-se o Bairro Rufaza. Conhecido pela sua atmosfera boémia e eclética com ruas estreitas e coloridas.

Em cada esquina, vais encontrar novas surpresas e experiências únicas, desde lojas de design exclusivas até galerias de arte alternativas.

Além disso, Ruzafa também é conhecido pela sua cena gastronómica eclética, com uma ampla variedade de restaurantes que oferecem desde pratos tradicionais de cozinha valenciana até à cozinha internacional de fusão. Portanto, delicia-te com as tapas autênticas, paellas saborosas e uma infinidade de opções vegetarianas e veganas.

À noite, posso dizer-te que Ruzafa ganha outra vida. Ou não apresentasse uma vida noturna animada, com bares e pubs que oferecem música ao vivo, DJs e uma atmosfera descontraída e acolhedora. É o lugar perfeito para conheceres moradores locais, fazer novos amigos e mergulhar na cultura valenciana de uma maneira autêntica e envolvente.

Mercado de Colón

O Mercado de Colón é mais um ponto de interesse na cidade de Valência e Monumento Nacional. É muito mais do que um lugar para fazer compras, é um centro gastronómico e cultural.

O edifício foi projetado por Francisco Mora Berenguer no início do séc. XX com o objetivo de suprir as necessidades das classes burguesas da época.

E é mais um exemplo impressionante da arquitetura modernista valenciana, com uma bela fachada de ferro forjado, vitrais coloridos e detalhes ornamentados.

Atualmente, é um local sofisticado com pequenas lojas, florista, pequenos cafés charmosos e excelentes restaurantes. É um ponto de encontro e palco de alguns eventos gastronómicos realizados na cidade.

Então, recomendo que entres e faças um pequeno tour pelo mercado para conheceres, tirares fotografias para te sentares a tomar um café enquanto aprecias cada detalhe da obra modernista de Cólon.

Valência

Jardim do Túria

Ora agora, é chegada a altura de falarmos sobre esta verdadeira riqueza e encanto da cidade. Para mim, um dos pontos obrigatórios de qualquer roteiro para visitar Valência.

Isto porque estamos a falar de um oásis verdejante no coração de Valência, onde a natureza se encontra com a cultura num cenário repleto de vida e alegria.

Valência

Este parque magnífico de Valência, estende-se por mais de nove quilômetros ao longo do antigo leito do rio Túria. E é um dos maiores espaços verdes urbanos da Europa. Portanto, só poderia ser um dos principais cartões-postais da bela cidade de Valência.

A origem do Jardim do Túria remonta ao século XX, quando o rio Túria foi desviado depois de uma grande inundação, deixando para trás um leito seco que foi transformado num espaço verde exuberante e multifuncional.

Hoje, o parque oferece uma variedade de atividades e atrações para todos os gostos e idades, desde extensas áreas de lazer e recreação até jardins botânicos, trilhos para caminhadas e ciclovias.

A grande beleza deste parque é que ele funciona como um via ecológica de ligação a outros pontos turísticos da cidade como: a Cidade das Artes e das Ciências, bairros de Valência e as praias urbanas.

visitar Valência

Cidade das Artes e das Ciências

Este complexo arquitetónico é absolutamente imperdível em qualquer roteiro para visitar Valência. É uma obra admirável composta por seis edifícios projetados pelo arquiteto Santiago Calatrava que combina a arte, ciência e tecnologia num cenário futurista e inspirador.

O complexo localiza-se praticamente no final da extensão do Jardim do Túria e alberga os seguintes edifícios:

  • Palau das Artes: com salas meticulosamente projetadas para uma acústica de ponta, onde ocorrem inúmeros espetáculos musicais e de dança.
  • Hemisfèric: um cinema IMAX e planetário que oferece experiências cinematográficas educativas.
  • Museu de Ciências Príncipe Felipe: um espaço interativo que explora os princípios científicos de uma forma divertida e envolvente para miúdos e graúdos.
  • Ágora: é uma estrutura imponente e multifuncional que serve como espaço versátil para eventos culturais, desportivos e empresariais.
  • Oceanogràfic: o maior aquário da Europa, que alberga uma variedade impressionante de espécies marinhas de todo o mundo.

Dica – há muito para ver na Cidade das Artes e das Ciências, por isso recomendo que planeies bem a tua visita a este belo complexo arquitetónico. Se queres visitar o Palau das Artes, Hemisfèric, Museu das Ciências ou Oceanogràfic vais necessitar de bilhetes para entrar.

Se tens a intenção de visitar todas as atrações recomendo:

Por outro lado, se não pretenderes entrar em todas as atrações, compra os bilhetes de forma individual:

Valência

Marina de Valência

Se não vais perder a oportunidade de conhecer e mergulhar nas praias urbanas de Valência, recomendo também que faças uma paragem para conheceres e apreciares o porto e a marina de Valência.

Com sua fachada elegante e linhas arrojadas, o edifício da Marina é mais uma representação visual da modernidade e progresso da cidade.

Praias de Valência

Se for para visitar Valência durante a época balnear, então não há nada como combinar a cultura, história com uns momentos bem passados a relaxar ao sol.

E Valência surpreendeu-me bastante pela temperatura da água, um perfeito caldo que não me deixou sair antes das 20:30h. Até porque assistir ao por-do-sol neste caldinho é só “o momento”. Portanto, dias longos, quentes e em perfeita harmonia para saborear o que é bom!

Valência é privilegiada em matéria de praias, por isso, num pequeno roteiro de bicicleta ou trotineta, podes chegar até às praias urbanas de Valência: a Praia de las Arenas, Praia del Canabyal e Praia de Malvarrosa.

Além destas, também existem outras a sul da cidade de Valência, mas vais precisar de outro meio de transporte para visitá-las. Mas posso dizer que são lindíssimas.

Portanto, aproveita as praias para apanhar sol, mergulhar muito e desfrutar de toda esta envolvência de Valência.

Valência

Bairro el Canabyal-Canyaamelar

Mesmo junto às praias, está localizado o bairro el Cabanyal – um bairro de pescadores. Ganhou outra vitalidade com a novas propostas culturais e gastronómicas.

Vais encontrar restaurantes, bares, cafés. Enfim, uma série de atrações que animam as ruas e os visitantes que desfrutam da atmosfera deste bairro castiço.

Parque Natural de L’Albufera de Valência

Bem, o que posso dizer acerca do Parque Natural de L’Albufera de Valência é que é um verdadeiro tesouro natural que encanta qualquer visitante com a sua beleza intocada e paisagens deslumbrantes.

Ele está localizado a poucos quilômetros cidade (cerca de 18,0 km a sul do centro), e é um paraíso ecológico que oferece uma experiência única de conexão com a natureza.

No Parque Natural de L’Albufera encontras uma lagoa extensa de águas tranquilas, rodeada por extensos campos de arrozais, dunas douradas e densa vegetação mediterrânea.

Valência

Este santuário natural é o lar de uma grande diversidade de vida selvagem, incluindo aves migratórias, peixes, répteis e mamíferos.

O parque oferece uma infinidade de atividades e experiências para desfrutar. Portanto, sugiro que explores os caminhos que serpenteiam pelos arrozais e que faças um passeio de barco tradicional pelas águas calmas da lagoa, ao entardecer para desfrutares do por-do-sol.

Para chegares a esta zona, a melhor forma é de taxi ou autocarro. Além disso, devo-te dizer que nesta zona comem-se verdadeiras paellas valencianas (fica a dica).

Sagunto

Sagunto é mais um dos pontos de interesse situados nas proximidades de Valência. Localiza-se a cerca de 30,0 km a norte da cidade e revela-se um verdadeiro festival de história.

Esta região tem mais de dois mil anos de história que hoje são o refúgio de turistas que procuram um pouco de história e lendas do passado.

A antiga cidade de Sagunto foi declarada Bem de Interesse Cultura, por isso vale a pena passar por aqui para visitar as atrações. Como o castelo de Sagunto, a Playa Mayor ou o teatro romano. Este teatro romano (construído no séc. I) foi declarado Monumento Nacional. Portanto, aproveita este passeio porque Sagunto é uma relíquia histórica viva.

Dica – reserva a tua excursão a Sagunto a partir de Valência, são 4 horas de excursão.

Grutas de San José

As Grutas de San José situam-se a cerca de 50,0 km a norte do centro da cidade de Valência. Em particular, no Parque Natural Sierra de Espadán. E posso dizer-te que oferecem uma verdadeira viagem às maravilhas subterrâneas da natureza.

Aqui vais ter a oportunidade de descobrir um rio subterrâneo impressionante e fazer um passeio de barco emocionante para descobrir os segredos escondidos nas profundezas da terra!

Trata-se de um dos poucos rios subterrâneos navegáveis da Europa. Tem 2.750 metros de comprimento, dos quais 800 estão habilitados para visita turística.

No percurso destacam-se as águas cristalinas do leito do rio, o Lago Azul, a Sala dos Morcegos, a Boca do Forn e os lagos de Diana e do Diabo, entre outros.

Valência

Dica – podes reservar a visita às grutas de San José com saída de Valência que inclui transporte e o passeio de barco subterrâneo.

Fuente de los Baños de Montanejos

Um pouco mais distante (cerca de 90,0 km) do centro de Valência, está localizada a Fuente de los Baños. Um refúgio de águas termais localizado nas deslumbrantes montanhas de Valência e uma das principais atrações turísticas da Comunidade Valenciana. Todos os anos atraem centenas de pessoas nas épocas do verão e Páscoa.

E de facto, a verdade é que a Fuente de los Baños de Montanejos é um dos lugares naturais mais bonitos desta região. E o mais incrível é que as piscinas naturais têm uma temperatura constante de 25 ºC durante todo o ano, e ainda propriedades hidrogeoquímicas e biológicas que são benéficas para a nossa saúde. Perfeito, não?

Onde comer em Valência

Algumas regiões onde gostei de comer e desfrutar da atmosfera envolvente.

  • Plaça de la Reina
  • Plaça de la Virgen
  • Bairro del Carmen
  • Bairro de Rufaza
  • Praia de Canabyal
  • El Saler e El Palmar
Observação: esta página de artigo contém link de afiliados. Por isso, por cada reserva que efetuares através dos meus links, eu ganho uma comissão. Dessa forma, ajudas a Saber Viajar a manter-se viva e a produzir cada vez mais conteúdo de qualidade. E a boa notícia? É que não pagas nada a mais por isso! De coração, obrigada!

QUERES VIAJAR MAIS E MELHOR?

 

Subscreve a minha Newsletter e recebe todas as sugestões de viagens, dicas e roteiros criativos no teu e-mail.

Recebi o teu pedido de subscrição. Por favor, confirma o registo no e-mail que te enviei agora. Obrigada!

Pin It on Pinterest

Share This